publication . Article . 2009

Auditoría de enfermería: el impacto de las notas de enfermería en el contexto de glosas hospitalarias

Ferreira, Tânia S; de Souza-Braga, André Luiz; Cavalcanti-Valente, Geilsa Soraia; Ferreira de Souza, Deise; Moreira Carvalho-Alves, Enilda;
Open Access Portuguese
  • Published: 01 Jan 2009
  • Publisher: Universidad de La Sabana
Abstract
Este estudo tratou da nossa observação frente ao impacto das anotações de enfermagem no contexto das glosas hospitalares. Nesta perspectiva, a pesquisa se norteia pela seguinte questão: como o profissional de enfermagem pode contribuir através dos registros para não ocorrência da glosa? Temos como objetivo identificar o impacto causado pelo não registro de enfermagem contrapondo às eventuais glosas, evidenciando os principais tipos decorrentes destes registros. Metodologicamente a pesquisa utilizada foi descritiva e explorató-ria, onde utilizamos uma abordagem qualitativa e quantitativa. O estudo se materializou por meio documental e foi realizado no serviço de ...
Subjects
free text keywords: Auditoria de Enfermagem, Gerência, Administração em Saúde, Auditoria de enfermería, gerencia, administración en salud, Nursing audit, management, health administration
19 references, page 1 of 2

1. D`Innocenzo M et al. Indicadores, auditorias, certificações: ferramentas de qualidade para gestão em saúde. São Paulo: Martinar; 2006.

2. Oliveira AF. Avaliação do impacto das intervenções nos pontos críticos detectados na pré-análise de auditoria em enfermagem. [Tese de doutorado]. São Paulo: (USP; 2003.

3. Conselho Federal de Medicina. Código de ética dos profissionais de medicina [online]. Resolução 1331/89. Disponível em: www.portalmedico.org.br Acesso em Nov 2007.

4. Francisco MTR. Auditoria em enfermagem: padrões, critérios de avaliação e instrumentos. 3ª ed. São Paulo: Cedas; 1993.

5. Torres L. Auditoria em enfermagem. [Tese de doutorado]. São Paulo: USP; 1977.

6. Bauer L, Feldman. Como alcançar qualidades nas instituições de saúde: critério de avaliações, procedimentos de controle, gerenciamento de riscos hospitalares até a certificação. São Paulo: Martinar; 2004.

7. Oswaldo L. Princípios elementares de custos hospitalares. 2ª ed. São Paulo: 1975.

8. Ministério da Saúde: história da auditoria em saúde. [online]. Disponível em: www.sna.saude.gov.br/historia.cfm Acesso em Nov 2007.

9. Kurcgant P. Administração em enfermagem. São Paulo: EPU; 1991. [OpenAIRE]

10. Silva RCL, Voivodic RA, Rodrigues AS, Rangel JR. “Quimo” enfermagem-política pública de saúde. Rio de Janeiro: Águia Dourada; 2006.

11. Ministério da Saúde. Secretaria de Assistência a Saúde. Manual Brasileiro de Acreditacão Hospitalar. 3ª ed. Revista Atual. Brasília, 2002. (Serie A. Normas e Manuais Técnicos).

12. Lakatos E, Marconi A. Metodologia do trabalho científico: procedimentos básicos, pesquisa bibliográ- fica, projeto e relatório, publicações e trabalhos científicos. 4ª ed. São Paulo: Atlas;1998.

13. Leopardi M T (Org.) Saber fazer, saber criar - Núcleo de pesquisa. Florianópolis: Papa-Livro; 1995.

14. Macieira S, Ventura M. Como elaborar projeto, monografia e artigo cientifico. Rio de Janeiro: Frei Bastos; 2006.

15. Bastos L, Paixão L, Monteiro L. Manual para elaboração de projetos e relatórios de pesquisa, teses, dissertações e monografias. Rio de Janeiro: LTC; 2006.

19 references, page 1 of 2
Powered by OpenAIRE Open Research Graph
Any information missing or wrong?Report an Issue