publication . Article . 2013

Apego romántico y bienestar en jóvenes de distintas configuraciones familiares

Olga Melo; Catarina Pinheiro Mota;
Open Access Portuguese
  • Published: 01 Dec 2013
  • Publisher: Universidade Estadual de Maringá
  • Country: Portugal
Abstract
Nos períodos da adolescência e de jovem adultez ocorre um conjunto de alterações e mudanças nos jovens, tornando-os aptos a desenvolver novas relações pautadas pela proximidade, intensidade e intimidade com os pares e parceiros amorosos. Numa amostra de 827 jovens de idades entre os treze e vinte e cinco anos, este estudo tem como objetivo analisar em que medida a qualidade da vinculação amorosa exerce efeito no bem-estar psicológico de jovens provenientes de famílias intactas e divorciadas. Foram encontradas diferenças significativas na qualidade da vinculação amorosa em relação à configuração familiar; mas no tocante ao bem-estar psicológico não foram encontra...
Persistent Identifiers
Subjects
free text keywords: Comportamento de apego, jovens, saúde, General Psychology, Conducta de apego, jóvenes, salud, Attachment behavior, young, health, Ciências psicológicas, Psicologia, Psychological sciences, Psychology, :Psicologia [Ciências sociais], :Psychology [Social sciences], Romantic partners, Developmental psychology, Young adult, Psychology, Social psychology, Attachment theory, Romance, Well-being, lcsh:Psychology, lcsh:BF1-990
24 references, page 1 of 2

Antunes, C., Sousa, M., Carvalho, A., Costa, M., Raimundo, F., … & Andrade, A. (2006).

Autoestima e comportamentos de saúde e de risco no adolescente: Efeitos diferenciais em alunos do 7º ao 10º ano. Psicologia, Saúde e Doenças, 7(1), 117-123.

Atger, F. (2004). Vinculação e adolescência. In N. Guedeney & A. Guedeney (Ed), Vinculação: conceitos e aplicações (pp.147-153). Lisboa: Climepsi.

Buist, K., Dekovic, M., Meeus, W., & Van Aken, M. (2002). Developmental patterns in adolescent attachment to mother, father and sibling. Journal of Youth and Adolescence, 1(3), 167-176.

Cano, D., Gabarra, L., Moré, C., & Crepaldi, M. (2009). As transições familiares do divórcio ao recasamento no contexto Brasileiro. Psicologia: Reflexão e Crítica, 22(2), 214-222.

Catarino, H., Oliveira, A., Pereira, A., Santos, I., Mota, V., & Ascenco, V. (2010, Fevereiro). A vinculação às figuras parentais e violência nas relações de namoro em estudantes do ensino superior. Simpósio realizado em reunião Nacional de Investigação em Psicologia, Universidade do Minho, Portugal.

Collins, W., Welsh, D., & Furman, W. (2009). Adolescent romantic relationships. The Annual Review of Psychology, 60, 631-652. [OpenAIRE]

Didonato, T., & Krueger, J. (2010). Interpersonal affirmation and self-authenticity: A test of Rogers's self-growth hypothesis. Self and Identity, 9, 322-336. DOI: 10.1080/1529886093135008. [OpenAIRE]

Dinero, R., Conger, R., Shaver, P., Widaman, K., & Larsen-Rife, D. (2008). Influence of family of origin and adult romantic partners on romantic attachment security. Journal of Family Psychology, 22(3), 622-632. [OpenAIRE]

Doyle, A., Lawford, H., & Markiewicz, D. (2009). Attachment style with mother, father, best friend and romantic partner during adolescence. Journal of Research on Adolescense, 19(4), 690- 714.

Dulmen, M., Goncy, E., Haydon, K., & Collins, W. (2008). Distinctiveness of adolescent and emerging adult romantic relationship features in predicting externalizing behavior problems. Journal of Youth Adolescence, 37, 336-345. DOI: 10.1007/S10964-007-9245-8.

Fachada, I. (2009). A experiência emocional do toque nas relações românticas durante a adolescência e a juventude. (Tese de mestrado não publicada). Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação, Universidade do Porto. [OpenAIRE]

Fonseca, J. (2008). Compromisso e confiança nas relações íntimas dos jovens adultos filhos de pais divorciados. (Tese de mestrado não publicada). Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação, Universidade de Lisboa.

Maroco, J. (2007). Análise estatística com utilização do SPSS. Lisboa: Sílabo.

Massé, R., Poulin, C., Dassa, C., Lambert, J., & Battaglini, A. (1998). Élaboration et validation d'un outil de mesure du bien-être psychologique: L'É.M.M.B.E.P. Revue Canadienne de Santé Publique, 89(5), 352-357. [OpenAIRE]

24 references, page 1 of 2
Any information missing or wrong?Report an Issue