publication . Article . 2014

Cuerpo-lenguaje y lo ilimitado de la palabra en el insulto

Carvalho,Glória Maria Monteiro de; Melo,Maria de Fátima Vilar de;
Open Access Portuguese
  • Published: 01 Sep 2014
  • Publisher: Associação Universitária de Pesquisa em Psicopatologia Fundamental
Abstract
Tomamos, como ponto de partida deste artigo, o conceito de violência estrutural (Lebrun, 2002), isto é, a violência da linguagem que nos constitui como seres humanos. No mundo contemporâneo, a negação desse tipo de violência produziu uma violência suplementar que passa, necessariamente, pela carência da palavra. A análise de uma situação - querela entre lavadores de carros - forneceu indicações sobre uma maneira de atuação da violência suplementar, desfazendo os efeitos simbólicos produzidos pela violência estrutural, ou seja, desfazendo os limites instituídos pela linguagem. As starting point for this article, we take the concept of structural violence (Lebrun,...
Subjects
free text keywords: Linguagem, insulto, violência estrutural, carência da linguagem, Language, insult, structural violence, deficit of the language, Langage, insultes, violence structurale, manque de langage, Lenguaje, violencia estructural, carencia del lenguaje, Sprache, Beschimpfung, strukturelle Gewalt, Wortmangel, Psychiatry, RC435-571
Powered by OpenAIRE Open Research Graph
Any information missing or wrong?Report an Issue
publication . Article . 2014

Cuerpo-lenguaje y lo ilimitado de la palabra en el insulto

Carvalho,Glória Maria Monteiro de; Melo,Maria de Fátima Vilar de;