publication . Master thesis . 2014

An exploratory study of medical and surgical tourism in Portugal: an analysis of demand and supply

Sousa, Helder Teixeira de;
Open Access Portuguese
  • Published: 01 Jan 2014
  • Country: Portugal
Abstract
A procura de cuidados de saúde no estrangeiro tem surgido um pouco por todo o mundo, legitimado por uma multiplicidade de motivos, que se revestem de colossal importância, no âmbito da gestão de serviços de saúde. A quase inexistente pesquisa nacional, e a parca investigação internacional, revelam-se desafiantes na prossecução deste trabalho, dedicado ao turismo médico-cirúrgico, num país que se encontra numa fase embrionária deste segmento de mercado, com elevado potencial de crescimento. Esta dissertação, de carácter qualitativo exploratório, tem como propósito explorar as condições necessárias para o desenvolvimento do turismo médico-cirúrgico, quer do lado d...
Persistent Identifiers
Subjects
free text keywords: Turismo médico-cirúrgico, Fatores de motivação, Oferta de serviços, Medical and surgical tourism, Motivating factors, Service supply, 379.85, 614, Ciências Sociais::Ciências da Educação
Related Organizations

3. Ansari, I. A. (2012). SWOT analysis of medical tourism in Varanasi. Zenith International Journal of Multidisciplinary Research Vol.2 Issue 3, March 2012, ISSN 2231 5780. Consultado em 12 de Março 2013 [disponível em www.zenithresearch.org.in]

17.Cunha, J. (2014). (Health Cluster Portugal - Diretor executivo). Agência Lusa, 27 de Março 2014

27.Freire, N. A. (2012). The Emergent Medical Tourism: Advantages and Disadvantages of the Medical Treatments Abroad. France. ISSN 1913-9004. E-ISSN 1913-9012. Consultado em 21 de Fevereiro 2013 [Disponível em: http://dx.doi.org/10.5539/ibr.v5n2p41]

62.Stephano, Renee-Marie (2012). Medical Tourism: Global Context & The Economic Justification for Lithuania. Medical Tourism Association. Consultado em 16 de Outubro 2013. [Disponível em http://www.medicaltourismassociation.com]

63.Treatment Abroad (2012). The medical tourism survey 2012. Consultado em 26 de Julho 2013 [Disponível em http://www.treatmentabroad.com]

64.Turismo de Portugal. (2006). 10 produtos estratégicos para o desenvolvimento do turismo em Portugal. Estudo realizado por THR (Asesores en Turismo Hotelería y Recreación, S.A.) para o Turismo de Portugal, ip. Depósito legal nº: 250627/06. Lisboa. Portugal

65.Turismo de Portugal. (2008). O Turismo em 2007. Ministério da Economia e da Inovação, Lisboa. Portugal. Consultado em Março 2013 [Disponível em http://www.turismodeportugal.pt/Portugu%C3%AAs/ProTurismo/estat%C3%ADsticas/an%C3%A 1lisesestat%C3%ADsticas/oturismoem/Anexos/BROCHURA_Turismo.pdf]

66.UE (2013). Consultado em 12 de Maio 2014. [Disponível em http://europa.eu]

67.UE. (2011). Directive 2011/24/UE du Parlement Européen et du Conseil du 9 mars 2011 relative à l'application des droits des patients en matière de soins de santé transfrontaliers, pp. 21

68.UEHP, 2009. Consultado em 05 de Novembro 2012. [Disponível em http://www.uehp.eu]

69.Voigt, C., Laing, J., Wray, M., Brown, G., Howat, G., Weiler, B., Trembath, R. (2010). Health tourism in Australia: supply, demand and opportunities. Australia. [Disponível em www.crctourism.com.au]

70.Yu, J., Lee, T. J., Noh, H. (2011). Characteristics of a Medical Tourism Industry: The Case of South Korea. Journal of Travel & Tourism Marketing, 28:8, 856-872. DOI: 10.1080/10548408.2011.623052

Any information missing or wrong?Report an Issue