Abriendo la Caja de Pandora: la participación política de las mujeres, las desigualdades de género y la acción positiva

Article Portuguese OPEN
Santos, Maria Helena; Cerqueira, Carla Preciosa Braga; Cruz, Rui Vieira;
(2017)
  • Subject: Parity Law | Politics | Lei da Paridade | :Ciências da Comunicação [Ciências Sociais] | Desigualdades de género | Gender inequalities | Ley de la Paridad | Cobertura periodística | Política | Participação política | Participación política | Journalistic coverage | Political participation | Cobertura jornalística

Uma década após a aprovação da Lei da Paridade em Portugal, tornou-se imperativo explorar os efeitos simbólicos da representação descritiva das mulheres políticas (i.e., em termos numéricos) sobre as atitudes políticas das/os cidadãs/os portuguesas/es. Com este objetivo... View more
  • References (18)
    18 references, page 1 of 2

    Cabrera, A., Martins, C., Baptista, C., Mata, M. J., & Flores, T. M. (2016). Política no feminino. Lisboa: Aletheia Editores.

    Croteau, D.; Hoynes, W. & Milan, S. (2012). Media/Society: Industries, images and audiences (4a ed.). Los Angeles, London, New Delhi, Singapore, Washington DC: Sage Publications. Dahlerup, D. (2005). Increasing women's political representation: New trends in gender quotas. In J. Ballington & A. Karam (Ed.), Women in Parliament: Beyond numbers - A revised edition (pp. 141-153). Stockholm: IDEA. Retirado de http://www.idea.int/publications/wip2/loader.cfm?csmodule=security/getfile&pageid=14128. Dahlerup, D., & Freidenvall, L. (2008). Electoral gender quota systems and their implementation in Europe. Brussels: The European Parliament.

    Espada, I., Vasconcellos, G., & Coucello, A. (2002). Género e comportamento eleitoral: O eleitorado português e a actividade política das mulheres. Lisboa: Instituto de Estudos para o Desenvolvimento.

    Martins, M. M., & Teixeira, C. P. (2005). O funcionamento dos partidos e a participação das mulheres na vida política e partidária em Portugal. Lisboa: CIDM. a

    ç Santos, M. H. (2004). Género e política: uma análise psicossociológica das reacções às acções ã

    aA positivas. Tese de Mestrado em Psicologia Social e das Organizações. Lisboa: ISCTE-IUL. e Retirada de http://catalogo.biblioteca.iscte-iul.pt/cgi-bin/koha/opac-detail.pl?biblionumber=34761 o

    re Santos, M. H. (2010). Género e Política: Factores explicativos das resistências à igualdade. Tese né de Doutoramento em Psicologia Social e das Organizações. Lisboa: ISCTE-IUL. Retirada de G http://hdl.handle.net/10071/4421

    d Santos, M. H. (2011). Do défice de cidadania à paridade política: Testemunhos de deputadas e sde deputados. Porto: Edições Afrontamento.

    ld Santos, M. H. (2017). Desigualdades de género em profissões qualificadas e resistências à a

    ua mudança - Um percurso de investigação. In J. M., Oliveira & L. Amâncio (Eds.), Géneros e isg sexualidades: interseções e tangentes (pp. 55-72). Lisboa: ISCTE-IUL. Retirado de eD http://gensexinter.tumblr.com/

  • Related Organizations (2)
  • Metrics
Share - Bookmark