A percepção do estresse no ambiente produtivo: um estudo de caso

Master thesis Portuguese OPEN
Bittencourt, Regina Célia Fernandes (2014)
  • Subject: Stress ocupacional | Percepção | Trabalhadores | Engenharia de produção | Job stress | Perception | Employees | Production engineering

O estresse no ambiente produtivo constitui-se em um desequilíbrio do sistema corporal como um todo, estando diretamente ligado aos fatores internos e externos do ambiente como: pressão, trabalho desagradável, tensão, ansiedade, medo e angústia, entre outros, principalmente frente à tomada de decisões. Nesse sentido este estudo faz uma abordagem sobre a percepção do trabalhador em relação ao estresse no ambiente produtivo. O objetivo deste trabalho constituiu-se em identificar a percepção do estresse dos trabalhadores no ambiente produtivo em uma indústria multinacional. A metodologia adotada pontua-se por uma pesquisa aplicada, descritiva, com uma abordagem quantitativa e qualitativa, caracterizada como um estudo de caso realizada em uma indústria multinacional localizada na cidade de Ponta Grossa- Paraná, produtora de bens de consumo, alimentos e agricultura. A indústria em análise encontra-se classificada entre as 50 maiores empresas do agronegócio e exportadoras, no Brasil, em 2012. A população pesquisada funcional é representada por 40 trabalhadores. Foram incluídos na pesquisa os trabalhadores que estavam desenvolvendo suas atividades laborais há mais de 6 meses, continuamente, no setor e familiarizados com a equipe e com a atividade, independente da faixa etária, do sexo e do estado civil. Para a análise, foi implantada uma base de dados através do microsoft office access – MSACCSS, um sistema de gerenciamento de banco de dados. Nessa base de dados, foi utilizada a structured query language – SQL – (linguagem de consulta estruturada), na seleção dos registros para a análise estatística descritiva de resumo e de técnicas de data mininig. Depois de aplicada a sintaxe de análise dos resultados, cada registro foi classificado através de linguagem de consulta estruturada – SQL, dentro da taxonomia sugerida pela escala de Job Stress Scale - JSS e pela Escala do Estresse Percebido - EEP. Para alcançar o objetivo proposto nesta pesquisa foram utilizados os instrumentos de coleta de dados o JSS e EEP. Os dados gerados na pesquisa apontam que a população amostral pertence à faixa etária de até 25 anos, correspondendo a 35% dos pesquisados, um público jovem. Quanto ao gênero, evidenciou o público masculino com 57,5% dos pesquisados. Portanto, partindo da análise realizada, observou-se a existência de um nível de estresse considerado não prejudicial em 100% da percepção na população pesquisada. Conclui-se que, quando a autoconsciência está desenvolvida, o ambiente é aberto a reações interpessoais saudáveis, há certo controle dos fatores desfavoráveis, pode-se aprender a gerenciar o estresse no ambiente produtivo. Stress at the workplace consists in an unbalance of the system as a whole and it is directly associated to internal and external factors of the workplace as pressure, unpleasant job, tension, anxiety, fear and agony, among others, mainly when it is related to decision making. The aim of this research was to identify the perception of the workers stress at the workplace in a multinational industry located in the city of Ponta Grossa. The adopted methodology is classified as an applied research, descriptive, with a quantitative approach that took place in a multinational industry which is a manufacturer of consumer goods, food and agriculture. This analyzed industry was classified among the 50 biggest agribusin ess and exporting companies in Brazil, in 2012. The study population is represented by 40 workers. The workers that were included in the research were the ones that were developing their labor activities for more than six months at their department and familiarized with the team and the activity, irrespective of age group, gender and marital status. For the data analysis, the MSACCESS database management system was used. In this database, the Structured Query Language – SQL was applied for the selection of the registers for the descriptive statistical analysis of summary and data mining technique. After applying the syntactic analysis of the results, each register was classified with the SQL, using the Job Stress and Perceived Stress Scales taxonomy. The results indicate that young workers from the age group up to 25 years old consist of 35% of the sample as well as 57,5% is composed of male workers. The analysis reveals that 100% of the sample individuals perceived there is a stress level which is considered not harmful to the workers. It is possible to conclude that if self-consciousness is developed, the workplace is open to healthy interpersonal relationship and there is certain control of adverse factors, it is possible to learn how to manage stress at the workplace.
Share - Bookmark