Alteração nas frações das proteínas miofibrilares e maciez do músculo Longissimus de bovinos no período post mortem

Article Portuguese OPEN
Santos,Gilmara Bruschi ; Ramos,Paulo Roberto Rodrigues ; Spim,Jeison Solano (2014)
  • Publisher: UFBA - Universidade Federal da Bahia
  • Subject: bovinos superprecoces | eletroforese SDS-Page | força de cisalhamento | grupo genético | proteólise miofibrilar

Objetivou-se com o estudo identificar por eletroforese as mudanças nas frações das proteínas musculares durante período postmortem de bovinos de diferentes grupos genéticos e analisar a maciez da carne em amostras resfriadas por 24 horas (não maturadas) e maturadas por 7 dias. Foram utilizadas amostras do musculo Longissimus de quarenta e oito bovinos pertencentes a 4 grupos genéticos: 12 Nelore; 12 cruzados ½ Nelore ½ Aberdeen-Angus x Brahman; 12 Brangus; 12 cruzados ½ nelore ½ Aberdeen-Angus x Pardo, submetidos ao modelo biológico superprecoce. De cada uma delas foram retiradas duas fatias, uma não foi maturada e a outra maturada por 7 dias, a 2ºC. Na análise da força de cisalhamento, tanto as amostras não maturadas, quanto as submetidas a 7 dias de maturação não diferiram quanto à maciez da carne, mas todas apresentaram maciez aceitável, o que pode ser explicado pela baixa idade dos animais no momento do abate, o que foi proporcionado pelo sistema de engorda a que estes animais foram submetidos. Na análise das bandas de proteínas da carne, medida pela eletroforese, notou-se degradação da cadeia pesada da miosina e da Troponina -T e o aparecimento do fragmento de 30 kDa para todos os grupos genéticos após o período de 7 dias de maturação.Todos os grupos genéticos apresentaram boa maciez da carne, independentemente do tempo de maturação.
Share - Bookmark