Apropriação de novas mídias por estudantes universitárias

Master thesis Portuguese OPEN
Costa, Adriana Conceição Silva (2013)
  • Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Subject: Mídias digitais. Inclusão digital. Cibercultura | Digital media. Digital inclusion. Cyberculture | :OUTROS [CNPQ]

Trata-se de uma investigação que busca revelar, registrar e analisar o processo de apropriação e utilização das mídias digitais por alunas universitárias, com idade entre 40 e 60 anos. Interessou-nos estudar como essas transformações são percebidas na esfera educacional, por discentes que passaram pela formação escolar liberal/tradicional, ou seja, efetuaram o primeiro contato com os dispositivos tecnológicos midiáticos depois de adultas e dentro da universidade. Esta investigação buscou contribuir para ampliar o conhecimento sobre a utilização das novas estratégias de aprendizagem impostas pelas mídias digitais, através do registro e análise dos relatos da amostra pesquisada. Permitiu conhecer o universo cultural dessas mulheres, revelando o contexto no qual recebem as mensagens mediadas e quais os usos que fazem dessas estratégias de aprendizagem dentro de sua vida cotidiana acadêmica. Reuniram-se, neste trabalho, reflexões orientadas pelo papel desempenhado pelas mídias digitais, como construtores de imagens e dinamizadores na aquisição de conhecimento, escolhemos trabalhar com duas noções teóricas principais: comunicação midiática e a inclusão digital. Quanto à metodologia investigativa, utilizamos a técnica exploratório-descritiva, aliada a outras técnicas apropriadas. Na forma de abordagem do problema podem ser observadas duas fases: uma quantitativa, na qual se utilizou como procedimento investigativo um levantamento, tendo este como técnica de coleta um questionário com perguntas fechadas; e uma fase qualitativa, na qual foi utilizada como técnica de coleta de dados uma observação participante, por meio de um diário de campo a partir das situações vividas em sala de aula. O objetivo principal de analisar de que forma as mídias digitais são recebidas, apropriadas e utilizadas pelas mulheres universitárias foi cumprido, sendo notável que elas acessam com dificuldade e não podem ser consideradas incluídas digitalmente, os resultados apontam que o problema dessas agentes não é o acesso; há formas de apropriação das mídias digitais oferecidas na IES, e foi possível observar que elas buscam se integrar ao mundo tecnológico e até possuem dispositivos que podem inseri-las nesse mundo. A inserção na cibercultura configura-se pela capacidade de encontrar meio favorável para a tomada de consciência da realidade e a produção de saberes e fazeres libertadores e dignificantes, que nesse caso refere-se a uma apropriação da cidadania por meio do domínio dos aparatos tecnológicos oferecidos como uma perspectiva emancipatória para as interagentes It is an investigation that seeks to reveal, record and analyze the process of appropriation and use of digital media by university students, aged between 40 and 60 years. Interested in studying how changes are perceived in the educational sphere for students Whois have gone through liberal/traditional school, ie, effected the first contact with technological devices media as adults, in the university. This investigation sought to contribute to the knowledge on the use of new learning strategies imposed by digital media by recording and analyzing the reports surveyed sample. Allowed to know the cultural universe of these women, revealing the context in which receive mediated messages and uses that maré these learning strategies within their daily academic life. Gathered in this work, reflexions guided by studies of media reception and role played by digital media as builders images and facilitators in knowledging acquisitions, it was chosen to work two main theorical notions: communication media and digital inclusion. As the research methodology, it was used the exploratory descriptive technical together with other appropriate tecniques. In ordem to approach the problem can be observed two phases: a quantitative one, which was used an investigative procedure, a survey data with closed questions; and a qualitative phase, which was used to collect data through a diary from situations encountered in the classroom. The main objective of analyzing how digital media are received, appropriated and used by university women has been fulfilled and it is remarkable that they access with dificulty and can not be considered included digitally. The results show that the problem of these agents is not the access, there are was of appropriation of digital media offered at IES, and it was possible to note that they seek to integrate to the technological world, and they even have devices that can insert them on this world. Insertion in cyberculture sets up the ability to find a favorable way to be aware of reality and production of knowledge and liberating and dignifying practices, in this case refers to an appropriation of citizenship through the field of technological devices offered as a perspective that they can interact
Share - Bookmark