O cotidiano dos meninos internados no Seminário de Santana na cidade de São Paulo (1825 – 1874)/The daily lives of hospitalized children in Santana Seminar in city of São Paulo (1825 – 1868)

Article Portuguese OPEN
Silva, Robson Roberto; Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho (UNESP) Faculdade de Ciências e Letras – Campus Assis – SP (2015)
  • Publisher: Faces da História

Foi durante o século XIX que a questão da infância abandonada saiu do âmbitofamiliar e tornou-se uma questão pública na cidade de São Paulo. Assim, a iniciativa daIgreja Católica, da caridade da sociedade civil e do Governo Provincial foi fundada em 1825,conjuntamente  com a Roda dos Expostos,  o  Seminário  de  Santana,  um internato  parameninos abandonados que, após o período da primeira infância, eram internados para suadevida educação. Nesse local, seria priorizada a instrução de um ofício, cuja utilização deseu trabalho em oficinas e fábricas seria incentivada e essas crianças foram recrutadasdurante a Guerra do Paraguai como aprendizes no Arsenal da Marinha. Este artigo utilizoucomo fontes de pesquisa a documentação existente no Arquivo Público do Estado de SãoPaulo (APESP) composta de cartas, ofícios, relatórios, petições etc. na qual a trajetória devida desses meninos pode ser visualizada na sua formação como cidadãos.Palavras-chaves: Infância Abandonada. Internato. Educação. Aprendiz, Trabalho.The daily lives of hospitalized children in Santana Seminar in city of São Paulo (1825 – 1868)Abstract: It was during the nineteenth century that the issue of abandoned children left thefamily circle and became a public issue in the city of São Paulo. Thus, through the initiativeof the Catholic Church, charity civil society and the Provincial Government, in 1825 jointlywith the Wheel Exposed, was established the Seminary of Santana, a boarding school forhomeless  boys,  that  after  the  period  of  early  childhood,  were  interned  for  their  propereducation. There was prioritized the instrucition of an occupation, where the work in factorieswill be encouraged, these children were recruited during the Paraguayan War as apprenticesin Navy Yard. This article used researchs sources such as existing documentation in the SaoPaulo State Public Archives (APESP): cards, letters,  reports,  petitions, etc. where the lifetrajectories of these children can be viewed in their training as citizens.Word-keys: Abandoned Childhood, Boarding school. Education. Apprentice. Work.
Share - Bookmark