Afecções cirúrgicas em aves: estudo retrospectivo

Master thesis Portuguese OPEN
Patricia Ferreira de Castro (2010)
  • Publisher: Universidade de São Paulo
  • Subject: Animais silvestres | Cirurgia veterinária | Orthopedics | Ortopedia | Psittaciformes | Soft tissues | Tecidos moles | Veterinary surgery | Wild animals | Clínica Cirúrgica Veterinária

As aves representam a grande maioria das espécies da fauna silvestre mantidas como animais de companhia em nosso meio e respondem diretamente pela crescente demanda pelo atendimento médico veterinário. O avanço na área da anestesiologia viabilizou a realização de procedimentos cirúrgicos mais longos e complexos e contribuiu para o desenvolvimento e aprimoramento da técnica operatória em aves, contudo, dados nacionais de casuística relacionados às afecções cirúrgicas de aves ainda são inexistentes. Assim, este estudo avaliou retrospectivamente as operações realizadas em aves no Serviço de Cirurgia de Pequenos Animais do Hospital Veterinário da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo, entre janeiro de 2000 a junho de 2008, com o objetivo de identificar as afecções cirúrgicas, apresentar sua ocorrência e distribuição de freqüência segundo as ordens e espécies acometidas, avaliar as técnicas operatórias empregadas e comparar os dados obtidos com os achados da literatura. De um total de 90 operações realizadas para diagnóstico e/ou tratamento de afecções, 27 foram ortopédicas e 63 de tecidos moles. Quanto ao percentual de operações ortopédicas realizadas segundo as diferentes ordens, observou-se: Psittaciformes 85,19%, Piciformes 7,41%, Anseriformes 3,70% e Falconiformes 3,70%. Para as operações de tecidos moles os psitaciformes representaram 92,06%, columbiformes 3,17%, passeriformes 3,17% e anseriformes 1,59%. Entre os tipos de afecções ortopédicas encontradas as fraturas apresentaram a maior ocorrência (88,89%), seguidas de luxação (3,70%), avulsão traumática de extremidade (3,70%) e artrite/osteomielite (3,70%), o membro pélvico foi o mais acometido e o tibiotarso o osso mais fraturado. Dentre as afecções cirúrgicas de tecidos moles as neoplasias apresentaram a maior ocorrência (30,16%), seguida das neoformações cutâneas ou de anexos não neoplásicos (17,46%), neoformações cutâneas sem diagnóstico (7,94%), distocia (7,94%), fístula de papo (7,94%), hérnia abdominal (4,76%), sinusite (4,76%), gangrena de extremidade de membros (3,17%), perfuração de esôfago (3,17%), prolapso de cloaca (3,17%), Necrose avascular de dígito (1,59%), ferida na região da quilha (1,59%), perfuração de cavidade celomática (1,59%), neoformação em cavidade celomática sem diagnóstico (1,59%), corpo estranho em trato gastrointestinal (1,59%) e otite (1,59%). O lipoma foi a neoplasia e o cáseo a neoformação não neoplásica mais freqüentes. A distribuição das afecções cirúrgicas segundo as espécies acometidas mostrou o grupo dos papagaios, representado em sua maioria por espécies do gênero Amazona, como prevalente. A fixação interna com pino intramedular foi a técnica operatória mais utilizada nas afecções cirúrgicas ortopédicas e apresentou elevado índice de retorno à função para tratamento das fraturas. A exérese foi a técnica operatória mais utilizada nas afecções cirúrgicas de tecidos moles e mostrou índices elevados de cura e baixa ocorrência de recidivas. O conhecimento das afecções cirúrgicas e das espécies de aves mais acometidas, bem como dos resultados obtidos com as técnicas operatórias empregadas, acrescentam informações para aqueles que já atuam nesta área e servem como indicador de estudo para futuros cirurgiões de aves Birds represent one of the main wildlife species kept as pets in our country and respond directly by the growing demand for health care veterinarian. Advancement in the field of anesthesiology has enabled the surgical procedures longer and more complex and contributed to the development and refinement of surgical technique in birds. However, national data series related to surgical disorders in birds are still poor. This study assessed retrospectively the avian operations at the Service of Small Animal Surgery - Veterinary Hospital of the School of Veterinary Medicine and Animal Science of the University of São Paulo, from January 2000 to June 2008. The focus was to identify the surgical disorders, occurrence and frequency distribution according to orders and species affected, also we evaluated the surgical techniques employed and compared the results with the literature findings. A total of 90 operations were performed for diagnosis or treatment of surgical disorders. Of these 27 were orthopedic and 63 soft tissue surgeries. Considering the orthopedic surgeries performed according to orders we observed: Psittaciformes 85,19%, Piciformes 7,41%, Anseriformes 3,70% and Falconiformes 3,70%. And for the soft tissues operations the Psittaciformes represented 92,06%, Columbiformes 3,17%, Passeriformes 3,17% and Anseriformes 1,59%. Fractures presented the highest incidence among orthopedic disorders (88,89%), followed by luxation (3,70%), traumatic avulsion of the end (3,70%) and arthritis/osteomyelitis (3,70%). The pelvic limb was the most affected member and the tibiotarsus was the most commonly fractured bone. Among the surgical disorders of soft tissue, neoplasms accounted for 30,16%, followed by cutaneous neoformation or annexes nonneoplastic (17,46%), cutaneous neoformations undiagnosed (7,94%), dystocia (7,94%), fistula crop (7,94%), abdominal hernia (4,76%), sinusitis (4,76%), gangrene of the extremity members (3,17%), esophageal perforation (3,17%), prolapse of cloaca (3,17%), \"avascular necrosis of digit (1,59%), wound in the region of the keel (1,59%), perforation of the coelomic cavity (1,59%), neoformation in the coelomic cavity without a diagnosis (1,59%), foreign body in the gastrointestinal tract (1,59%) and otitis (1,59%). Lipoma and caseous were the most frequent cancer and non-neoplastic neoformation observed, respectively. The distribution of surgical disorders according to species affected showed that the \"group of parrots\", mainly represented by species of Amazonas genus, was prevalent. Internal fixation with intramedullary pin was the technique most often used in orthopedic surgical disorders and showed a high rate of recovery of limb function. The excision was the technique mostly used in the surgical disorders of soft tissue and presented high rates of cure and low recurrence. Knowledge of surgical and bird species most affected, and the results obtained with the surgical techniques employed, add information for those who works in this area and will be an indicator for future surgeons of birds
Share - Bookmark