ESTUDO META-ANALÍTICO DAS INTERAÇÕES PRODUTIVAS E NUTRICIONAIS DAS MICOTOXINAS NA ALIMENTAÇÃO DE SUÍNOS E FRANGOS DE CORTE

Master thesis Portuguese OPEN
Ines Andretta (2011)
  • Publisher: Universidade Federal de Santa Maria
  • Subject: tricotecenos | nutrição | micotoxicologia | deoxinivalenol | aflatoxinas | ZOOTECNIA | deoxynivalenol | aflatoxins | mycotoxicology | nutrition | trichothecenes

Dois trabalhos foram desenvolvidos com o objetivo de estudar, através de meta-análise, a relação das micotoxinas com o desempenho e o peso de órgãos de suínos e frangos de corte. As bases de dados totalizaram 13.196 suínos (85 artigos publicados entre 1968 e 2010) e 37.371 frangos de corte (98 artigos, entre 1980 e 2009). A meta-análise foi realizada através de três análises sequenciais: estudos gráficos, de correlação e de variância-covariância. Suínos desafiados por micotoxinas apresentaram redução de 18% no consumo de ração e de 21% no ganho de peso. Frangos de corte desafiados apresentaram redução de 12% no consumo de ração e 14% no ganho de peso. As micotoxinas com maior impacto sobre o desempenho foram deoxinivalenol e aflatoxinas para os suínos, e ocratoxinas e aflatoxinas para as aves. A concentração de micotoxinas nas dietas e a idade dos animais ao desafio foram as variáveis que mais ajustaram o coeficiente de determinação nas equações para estimar o efeito das micotoxinas sobre o ganho de peso. O efeito das micotoxinas sobre o crescimento foi maior nos animais jovens. Além disso, a análise de resíduos mostrou que a maior parte da variação no ganho de peso foi explicada pela variação no consumo de ração (87% nos suínos e 65% nas aves). A variação no ganho de peso em animais desafiados também foi influenciada pela ingestão de nutrientes, como proteína e metionina. O efeito das micotoxinas sobre o ganho de peso foi maior nos suínos machos (-19%) que nas fêmeas (-15%). A taxa de mortalidade e alguns parâmetros hematológicos também foram influenciados pelas micotoxinas nos frangos de corte. O peso relativo dos órgãos aumentou nos suínos (fígado, rins e coração) e nas aves (fígado, rins, pulmões e moela) desafiadas. As micotoxinas influenciam o desempenho, os índices produtivos e o peso dos órgãos em suínos e frangos de corte. No entanto, a magnitude destes efeitos varia com o tipo e a concentração de micotoxinas, o sexo e a idade do animal, bem como com fatores nutricionais. Two studies were performed in order to evaluate, through meta-analysis, the relationship of mycotoxins with performance and organ weights in pigs and broilers. The databases totaled 13,196 pigs (85 articles published between 1968 and 2010) and 37,371 broilers (98 articles, between 1980 and 2009). Meta-analysis followed three sequential analyses: graphical, correlation and variance-covariance. Pigs challenged by mycotoxins reduced feed intake by 18% and weight gain by 21% in relation to the control group. Challenged broilers presented a reduction of 12% in feed intake and 14% in weight gain. Mycotoxins with the greatest impact on performance were deoxynivalenol and aflatoxins in pigs, and ochratoxins and aflatoxins in broilers. The mycotoxin concentration in diets and the animal age at challenge were the variables that more improved the coefficient of determination in equations for estimating the mycotoxin effect on weight gain. The mycotoxin effect on growth was greater in younger animals. In addition, the residual analysis demonstrated that the greater part of the variation in weight gain was explained by the variation in the feed intake (87% in pigs and 65% in broilers). The variation in weight gain in challenged animals was also influenced by nutrient ingestion, such as protein and methionine. The mycotoxin effect on growth was greater in male pigs (-19%) compared to females (-15%). Mortality rate and some hematological parameters were also influenced by mycotoxins in broilers. Relative weight of organs increased in challenged pigs (liver, kidneys and heart) and broilers (liver, kidneys, lungs and gizzard). Mycotoxins influence on performance, productive indexes and organ weight in pigs and broilers. However, the magnitude of the effects varies with the type and concentration of mycotoxin, sex and age of the animal, as well as nutritional factors.
Share - Bookmark