Análise dos impactos socioeconômicos da expansão do setor sucroenergético

Master thesis Portuguese OPEN
Leandro Gilio (2015)
  • Publisher: Universidade de São Paulo
  • Subject: Agroenergia | Bioenergy | Cana-de-açúcar | Impacto social | Literature review | Painel espacial dinâmico | Revisão de literatura | Social impact | Spatial dynamic panel | Sugarcane | Economia Aplicada

O setor sucroenergético tem grande representatividade histórica no agronegócio brasileiro e vem ganhando notoriedade no atual contexto da emergência da economia de baixo carbono e da crescente demanda mundial por fontes alternativas e renováveis de energia. Como consequência do crescimento da produção e consumo de etanol e açúcar, intensificado na última década, o avanço da cultura canavieira sobre novas áreas suscita uma série de questões de cunho ambiental, econômico e social acerca dos possíveis efeitos resultantes deste processo. Posto isso, este trabalho busca contribuir com estes desenvolvimentos relacionados à avaliação do aspecto socioeconômico da expansão canavieira e do setor sucroenergético sobre novas áreas, motivada pelo crescimento da produção e demanda de açúcar e etanol combustível no período. De modo mais específico, foram produzidos dois capítulos no formato de artigos científicos, que podem ser lidos e avaliados de modo independente: o primeiro trata-se de uma análise sistemática, qualitativa e crítica da literatura científica, recuperando estudos desenvolvidos sobre a temática central entre os anos de 2006 e 2013, com o objetivo de apresentar as principais conclusões de uma série de trabalhos relevantes relacionados à temática e se verificar as lacunas, convergências ou possíveis contrastes; já o segundo trabalho apresenta uma avaliação empírica quantitativa, utilizando uma abordagem metodológica econométrica de dados em painel, analisando dados de municípios de São Paulo entre os anos de 2005 a 2011. Neste segundo estudo, se verificou que o efeito positivo da presença do setor sobre os municípios é relacionado com a presença de usinas/destilarias de cana-de-açúcar na região, enquanto que a expansão somente da cultura agrícola da cana-de-açúcar apresentou efeito negativo em pequena escala. As conclusões de ambos os estudos sugerem a necessidade de novas pesquisas na área, evidenciando-se que este é um tema fértil mas relativamente ainda pouco explorado na literatura. The sugarcane industry has historical importance in the Brazilian agribusiness and has gained notoriety in the current context of the emergence of low-carbon economy and the growing worldwide demand for alternative and renewable energy sources. The advance of sugarcane crops on new areas and the growth in production and consumption of ethanol and sugar, intensified in the last decade, raises a number of environment, economic and social issues about the possible effects of this process. This work aims to contribute to these developments related to the evaluation of socio-economic aspect of sugarcane expansion and the sugarcane industry into new areas, caused by the growth of production and demand for sugar and ethanol fuel in the period. More specifically, two chapters were produced in the format of scientific articles that can be read and evaluated independently: the first one is a systematic analysis, qualitative and critical of the scientific literature, recovering developed studies on the central theme of the years 2006 and 2013, with the aim of presenting the main findings of a number of relevant work related to the topic and check the gaps, convergences or possible contrasts; the second paper presents a quantitative empirical evaluation using an econometric methodological approach to panel data, analyzing data of São Paulo municipalities between the years 2005 to 2011. In this second study, it was found that the positive effect of the industry\'s presence on the municipalities is related to the presence of mills / distilleries of cane sugar in the region, while the expansion only the crop of cane sugar presented negative effect on small scale. The findings of both studies suggest the need for further research in the area.
Share - Bookmark