Arremessar por cima do ombro e a distância percorrida pelo implemento

Article Portuguese OPEN
Silva,Samuel Bento da ; Vilela Junior,Guanis de Barros ; Toloka,Rute Estanislava (2009)
  • Publisher: Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo
  • Subject: Desenvolvimento motor | Arremessar | Distância | Educação física

A habilidade de arremessar por cima do ombro tem sido bastante estudada, observando-se a velocidade do implemento, porém enquanto muitas tarefas têm como objetivo arremessar o mais longe possível, a distância percorrida pelo objeto ainda não tem sido investigada. O objetivo deste estudo foi verificar se existe relação entre o estágio de desenvolvimento motor nesta habilidade e a distância percorrida pelo implemento e observar diferenças entre os gêneros masculino e feminino; 50 crianças, com idade entre 7-8 anos, de ambos os gêneros, procedentes de Piracicaba - SP foram analisadas enquanto arremessavam uma bola de tênis de campo, o mais longe possível. Cada criança realizou três arremessos intercalados e foi filmada com duas câmeras mini DV, tanto em vista lateral quanto posterior, enquanto arremessava. O nível de desenvolvimento das crianças foi classificado, utilizando-se uma sequência de desenvolvimento e a distância percorrida pela bola foi registrada. Foi encontrada correlação significativa entre o nível do desenvolvimento e a distância atingida. Diferenças entre os gêneros foram observadas: os meninos encontravam-se em níveis desenvolvimentais mais avançados em todas as ações e alcançaram maiores distâncias. Assim, o nível de desenvolvimento desta habilidade mostrou-se importante para o alcance de seu objetivo (arremessar mais longe). Sugere-se que o nível de habilidade é influenciado pelo meio ambiente e que oportunidades de movimento devem ser providenciadas para auxiliar o desenvolvimento integral da criança.
Share - Bookmark