ACETURATO DE DIMINAZENO ASSOCIADO AO SELENITO DE SÓDIO E A VITAMINA E: TESTES IN VITRO E EM RATOS EXPERIMENTALMENTE INFECTADOS COM Trypanosoma evansi

Master thesis Portuguese OPEN
Alexandre Alberto Tonin (2012)
  • Publisher: Universidade Federal de Santa Maria
  • Subject: Aceturato de diminazeno | Trypanosoma evansi | Selenito de sódio | Vitamina E | Roedores | FARMACIA | Diminazene aceturate | Sodium selenite | Vitamin E | Rodents

O objetivo deste estudo foi avaliar a utilização de um tratamento padrão contra a infecção causada pelo T. evansi, baseado na utilização do aceturato de diminazeno associado ao selenito de sódio e a vitamina E. Os testes in vitro mostraram um efeito tripanocida relacionados ao tratamento com aceturato de diminazeno e selenito de sódio; contudo a vitamina E não gerou nenhum efeito nocivo sobre o tripanossomas. Experimentos in vivo utilizaram um total de 72 fêmeas adultas de ratos, separados em 9 grupos (A, B, C, D, E, F, G, H e I), com 8 animais cada grupo. O grupo A serviu como grupo não infectado; grupos de B a I foram infectados com 0,2 mL de sangue contendo 106 tripanossomas. A parasitemia foi estimada diariamente por exame microscópico de esfregaços sanguíneo. O grupo B serviu como controle positivo; grupo C, tratado com aceturato de diminazeno; grupo D, com selenito de sódio; grupo E, com vitamina E; grupo F, recebeu uma associação de aceturato de diminazeno e selenito de sódio; grupo G, associação de aceturato de diminazeno e vitamina E; grupo H, associação de aceturato de diminazeno, selenito de sódio e vitamina E; e por fim o grupo I o qual recebeu uma associação de selenito de sódio e vitamina E. O aceturato de diminazeno foi administrado em dose única no 3 dia pós-infecção (PI). Selenito de sódio e vitamina E foram administradas no 3 e 23 dias PI. Os testes in vivo mostraram aumento da longevidade nos grupos tratados com aceturato de diminazeno associado ao selenito de sódio (grupos F e H). Não foi encontrada diferença entre os grupos C e E, portanto, a vitamina E não aumentou a eficácia do tratamento contra T. evansi quando associado ao aceturato de diminazeno. A eficácia curativa dos tratamentos foi de 37.5, 87.7, 37.7 e 75% para os grupos C, F, G e H, respectivamente. Os demais tratamentos não mostraram eficácia. Assim, podemos sugerir que o selenito de sódio, quando combinado com a quimioterapia pode representar uma alternativa no tratamento da tripanossomose. The aim of this study was to evaluate the utilization of a standard treatment with diminazene aceturate against the infection caused by T. evansi, associated to sodium selenite and vitamin E. In vitro tests showed trypanocidal effect related to the treatment with diminazene aceturate and sodium selenite, but vitamin E had no harmful effect on the trypanosomes. In vivo experiments utilized a total of 72 adult outbreed females rats, separated into 9 groups (A, B, C, D, E, F, G, H and I), 8 animals each. Group A was the uninfected group; groups B to I were infected with 0.2 mL of blood containing 106 trypanosomes. Parasitemia was estimated daily by microscopic examination of blood smears. Group B served as positive control; group C was treated with diminazene aceturate; group D with sodium selenite; group E with vitamin E; group F received an association of diminazene aceturate and sodium selenite; group G received an association of diminazene aceturate and vitamin E; group H received an association of diminazene aceturate, sodium selenite and vitamin E, and group I received an association of sodium selenite and vitamin E. Diminazene aceturate was administrated in a single dose on the 3rd day post infection (PI). Sodium selenite and vitamin E were administered at the 3rd and 23rd day PI. In vivo tests showed increase of longevity in groups treated with diminazene aceturate associated with sodium selenite (groups F and H). No difference was found between groups C and E, thus the vitamin E did not increase the efficacy of treatment against T. evansi when associated to diminazene aceturate. The curative efficacy of treatments was 37.5, 87.7, 37.7 and 75% to the groups C, F, G and H, respectively. Other treatments showed no efficacy. The sodium selenite when combined with chemotherapy may represent an alternative in the treatment of trypanosomosis.
Share - Bookmark