Avaliação do potencial cariogênico da maltodextrina e de sua associação com a sacarose

Master thesis Portuguese OPEN
Gabriela Rezende (2015)
  • Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Subject: Biofilm | Cárie dentária | Sacarose | Dental caries | Maltodextrin | Sucrose

A maltodextrina é um oligossacarídeo derivado a partir da hidrólise ácida e/ou enzimática do amido de milho e está cada vez mais presente em uma variedade de alimentos tais como fórmulas infantis, bebidas esportivas e suplementos energéticos. Muitos produtos à base de maltodextrina apresentam também sacarose em sua composição. Contudo, o seu papel no desenvolvimento da cárie dentária não é claro. O objetivo deste estudo foi: realizar uma revisão da literatura sobre a cariogenicidade da maltodextrina e avaliar o potencial cariogênico e a estrutura organizacional do biofilme formado in situ na presença de maltodextrina e de sua associação com a sacarose. A partir das evidências encontradas na revisão de literatura, verificou-se uma escassez de estudos avaliando o potencial cariogênico da maltodextrina em esmalte. A partir do estudo in situ, conclui-se que a maltodextrina não apresenta potencial cariogênico em esmalte. Entretanto, a adição de sacarose à maltodextrina causa modificações na composição bioquímica e na organização estrutural do biofilme formado em sua presença, aumentando o seu potencial cariogênico em esmalte. Maltodextrin is an oligosaccharide derived from the acidic and/or enzymatic hydrolysis of corn starch and is increasingly present in a variety of foods such as infant formulas, sports drinks and energy supplements. Many products containing of maltodextrin have also sucrose in its composition. However, its role in the development of dental caries is not clear. The aim of this study was: to conduct a literature review on the cariogenicity of maltodextrin and to evaluate the cariogenic potential and the organizational structure of the biofilm formed in situ in the presence of maltodextrin and its association with sucrose. From the evidence found in the literature review, there was a lack of studies by assessing the cariogenic potential of maltodextrin in enamel. From the in situ study, it was concluded that maltodextrin has no cariogenic potential on enamel. However, the addition of sucrose to maltodextrin causes changes in the biochemical composition and organizational structure of the biofilm formed, increasing its cariogenic potential in enamel.
Share - Bookmark