A imagem das adolescentes na web: a busca pela corporeidade espetacular

Doctoral thesis Portuguese OPEN
Almeida, Mariane Tojeira Cara (2013)
  • Publisher: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
  • Subject: Corporeidade espetacular | Adolescentes | Redes sociais | Fotografia digital | Comunicação mediada | Spectacular corporeality | Teenagers | Social networking | Digital photography | Mediated communication | :CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO [CNPQ]

Desde meados do século XX, as adolescentes utilizam os recursos da comunicação interpessoal mediada com fins de sociabilidade, tendo como primeiro meio o telefone fixo, que perdurou até o final dos anos 1990. No início do século XXI, com o advento das redes sociais, a invisibilidade corporal da telefonia fixa foi suplantada pela extra-visibilidade das fotografias digitais postadas em páginas pessoais. Trata-se de imagens detalhadamente trabalhadas para apresentarem uma corporeidade espetacular bidimensionalizada. Este se constitui no objeto de estudo desta pesquisa que tem por objetivo analisar, sob um ponto de vista semiótico, essas imagens que, longe de advir da simples captação do corpo anatomofisiológico, apresentam, na realidade, o Ideal de Eu emulado nas imagens midiáticas. A seleção do corpus de fotos voltou-se para as imagens de adolescentes, porque esses são sujeitos que vivenciam uma fase biológica peculiar, num momento em que o corpo passa por modificações próprias da puberdade, rendendo-se às interferências da edição de imagem, seja na fase de pré produção, produção ou pós produção. O arcabouço conceitual passa primeiramente pelo entendimento da juventude enquanto classe inventada no século XIX, destacando os principais teóricos latino-americanos que se debruçam sobre o tema e reforçam a relevância das mídias para os recortes temporais juvenis a partir da década de 1950. No que tange às imagens fotográficas, trazemos à luz os textos de Vilém Flusser, Roland Barthes e Lucia Santaella. Por tratarmos de imagens corporais evidenciadas pelo ato fotográfico digital, foi importante considerar o conceito de narcisismo, de Sigmund Freud, o estádio do espelho de Jacques Lacan e a autoconstituição do sujeito de Michel Foucault. Apoiados nesse referencial teórico, a pesquisa seguiu para a aplicação empírica. Esta se baseou em uma metodologia composta de um levantamento quantitativo analisado estatisticamente, seguido de duas análises qualitativas: a primeira aborda o conteúdo das frases escritas pelas adolescentes a respeito do ato de edição de imagens, a segunda apresenta um conjunto de fotografias de usuárias das redes sociais, estudadas pelo viés da semiótica peirciana. Concluiu-se disso que as adolescentes, ao postarem seus autorretratos na rede, tornam-se déspotas de si, habilitando e desabilitando sua própria representação com a finalidade de receberem a aprovação dos amigos nos comentários e nos atos de "curtir". Comprovou-se também que a corporeidade espetacular é predominantemente a produção visual de sujeitos objetificados em imagens alienadas, prontas para satisfazer o olhar do outro Since the beginning of the twentieth century, the teenagers use interpersonal communication resources mediated for sociability purposes, having as first mean the wire line telephone, which lasted until the end of the 1990 s. In the early 21th century, with the advent of social networking, the body invisibility of the wire line telephone was supplanted by extra-visibility of digital photos posted on personal pages. These are images worked in details in order to present spectacular bidimensionalized corporeality. This is the object of this research that aims to analyze, from a semiotic point of view, these images that, far from simple capture of the anatomic-physiologic body arise, present, in fact, the Ideal I emulated in media images. The selection of the corpus of pictures focused on images of teenagers, because these are subjects who experience a peculiar biological stage, at a time when the body undergoes changes of puberty, surrendering to image editing, either it in stage of pre-production, production, or post-production. The conceptual frameworks first by understanding youth passes while class invented in the 19th century, highlighting the main Latin American theorists that study on the subject and reinforce the relevance of the media to the juvenile temporal clippings from the early 1950. Regarding the photographic images, bring to light the texts of Vilem Flusser, Roland Barthes and Lucia Santaella. By handling bodily images highlighted by digital photo, Act was important to consider the Sigmund Freud´s concept of narcissism, Jacques Lacan's mirror stage and the selfconstitution of the subject by Michel Foucault. Supported in this theoretical framework, the research followed to the empirical application. It is based on a methodology composed by a quantitative survey examined statistically, followed by two qualitative analysis: the first discusses the content of sentences written by teens about the Act of editing images, and the second presents a set of photographs of users of social networks, studied by the bias of peircian semiotics. From this research it was concluded that when adolescent girls post their selfportraits in the network, they become despots about themselves, enabling and disabling the signs that they represent in order to receive the approval of friends by the comments and by acts of "enjoy". It proves that the spectacular corporeality is predominantly visual production of the objectified subject on disposed images, ready to meet the gaze of the other
Share - Bookmark