Modelo para sistemas da qualidade como base da estrategia competitiva

Doctoral thesis Portuguese OPEN
Marco Antonio Silveira (1999)
  • Subject: Gestão da qualidade total | Sistemas informação gerencial | Modelos em organização | ISO 9000

Resumo: Vários autores propõem a empresa como um sistema em transformação, sendo que esse enfoque sistêmico parece oferecer um meio efetivo de prover as capacidades estratégicas que são valorizadas pelos mercados atuais. Por outro lado, vem crescendo a consciência para o enfoque da qualidade como base da estratégia competitiva, onde esta é associada à lucratividade e incluída no processo de planejamento estratégico, tornando-se um instrumento eficaz de concorrência que, para fazer frente à dinâmica dos mercados atuais, tem as suas metas como alvos móveis, reformulados continuamente em níveis cada vez mais altos. O objetivo deste trabalho é contribuir para a discussão e a viabilização de um modelo para sistemas da qualidade com enfoque sistêmico segundo os critérios propostos por Churchman- Schoderbek et aI. e LeMoigne-Bertalanffy, preenchendo a lacuna verificada na literatura pesquisada. Essa contribuição se dá através da proposta de um modelo geral, cuja estrutura é baseada na trilogia de Juran, dos estudos sobre a sua aplicabilidade prática e das discussões sobre os conceitos e idéias relevantes para o escopo do trabalho. Os estudos realizados mostram a viabilidade da utilização do modelo proposto e a sua compatibilidade com modelos que já são amplamente utilizados, a saber, os modelos definidos pelas normas ISO 9001-9003: 1994 e o modelo derivado dos Critérios de Excelência do Prêmio Nacional da Qualidade. Os resultados alcançados sugerem também alguns benefícios que podem ser obtidos com a utilização desse modelo, tais como, um sistema concebido com enfoque holístico e baseado nos princípios que orientam a moderna gestão da qualidade, uma maior integração da empresa focalizando-a nos elementos do seu ambiente de atuação, um guia para implantação de sistema da qualidade dotado de flexibilidade, entre outros. A exploração preliminar do modelo como ferramenta para avaliação mostra boas perspectivas também para esta aplicação. Abstract: Many authors propose the company as a changing system made of several subsystem levels in continuous interaction. This systemic focus seems to offer an effective means of providing strategic capacities that have their value increased by current markets. On the other hand, there has been an increase in the consciousness of quality focus as a base for competitive strategy where this strategy is associated to profitability and is included in the strategic planning process, thus becoming an efficient competitive instrument. Competitors targets need to be mobile, continuously reformulated at increasingly higher levels in order to face the current market dynamics. The objective of this work is to contribute to a discussion and viability of a quality system model with a systemic focus according to the criteria proposed by Churchman-Sehoderbek et aI. and Le Moigne-Bertalanffy, as a means to fulfill a lack in the researched literature. This contribution is made through the proposal of a general quality systems model, whose structure is based on the Juran trilogy, studies on its practical applicability and discussions on relevant concepts and ideas for the work scope. Studies carried out show the practical viability of using the proposed modeI and its compatibility with quality system models already widely used in the organizational universe, namely the models defined by ISO 9001-9003: 1994 standards and the modeI resulting from the (brazilian) National Quality Award Exeellence Criteria. The results achieved also suggest that some of the benefits may be obtained with the use of the proposed model: a quality system built with holistic focus, and based on principIes that drive the modern quality issue; higher company integration focusing several of its performance environment elements; a flexible guide for quality system implementation; a systemic focus of improvement and others. Although preliminary, the exploitation of the model usage as a quality system evaluation tool shows good perspectives for this appliection as well.
Share - Bookmark