O labor secreto de Le Corbusier

Master thesis Portuguese OPEN
Alexandre Hector Benoit (2014)
  • Publisher: Universidade de São Paulo
  • Subject: América do Sul | Le Corbusier | Painting | Pintura | South America | Urbanism | Urbanismo | História e Fundamentos da Arquitetura e do Urbanismo

Após iniciar sua trajetória como pintor junto às vanguardas parisienses do cubismo e do purismo, Le Corbusier cessa em 1923, aos olhos do público, tal atividade, mantendo-a regular e sistemática como um trabalho exclusivo seu. Afora algumas poucas exposições menores e discretas, Le Corbusier permanece cerca de 30 anos pintando sem expor até que, em 1948, inicia o redescobrimento do que veio a chamar de seu \"labor secreto\". Esse processo de retomada da pintura como a \"virtude profunda\" de sua arquitetura e de seu urbanismo converge, em 1953, para uma grande exposição em Paris, quebrando definitivamente o seu silêncio de três décadas. Nesse percurso, analisou-se não apenas as fases de sua pintura, como seu significado enquanto formalização discursiva do trabalho conceitual de Le Corbusier, valorizando-se a relação entre pintura e urbanismo, em especial, a partir de suas viagens para a América do Sul. After beginning his trajectory as a painter in the Parisian cubist and purist avant-garde movements, Le Corbusier halts his painting activity to the eyes of the public, keeping it regularly and systematically just for himself. Aside from a few small and discreet exhibitions, Le Corbusier spends 30 years painting without exhibiting until 1948, when he begins the rediscovery of what was to be called his \"secret labor\". This process of recovery of his painting as a \"profound virtue\" of his architecture and urbanism culminates in a huge exhibition in Paris, in 1953, breaking once and for all his 30-year silence. In this piece, not only the phases of Le Corbusier\'s painting were analyzed, but also its meaning as a discursive formalization of his conceptual work.
Share - Bookmark