O Jornalismo nas Rádios Comunitárias

Master thesis Portuguese OPEN
Rosembach, Cilto José (2006)
  • Publisher: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
  • Subject: comunicação popular | jornalismo comunitário | rádio comunitária | Radio Cantareira FM (SP) | Radio Nova Esperanca FM (Cubatao, SP) | Radiojornalismo | grassroots communication | community journalism | community radio | :CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO [CNPQ]

O presente estudo analisa o jornalismo nas rádios comunitárias a partir do paradigma da comunicação popular, alternativa e da contextualização histórica das rádios comunitárias no Brasil. A programação jornalística de duas rádios comunitárias no Estado de São Paulo é analisada a partir do referencial teórico que elucida a comunicação popular e prioriza os conceitos de jornalismo popular. São analisadas a Rádio Cantareira FM 107,5, de Vila Isabel, distrito de Brasilândia, São Paulo, capital, no ar desde 1995, e a Rádio Nova Esperança FM 87,9, de Vila Esperança, Cubatão/SP, no ar desde 2003. Nas considerações finais, baseadas em estudos de caso, apresentamos as possibilidades de contribuição do jornalismo comunitário para a democratização da comunicação e a construção da cidadania. São também apontados os limites e os desafios desse paradigama de comunicação The present study analyzes journalism in community radios from the paradigm of alternative, grassroots communication. The analysis is done from the historical context of community radios in Brazil. This work uses the case study as the methodological basis and examines the programming of community journalism in two community radios in the state of São Paulo from a theoretical reference that clarifies grassroots communication and emphasizes the concepts of community journalism. Two community stations, Radio Cantareira FM 107.5 Vila Isabel, District of Brasilândia, São Paulo, capital, on the air since 1995 and Radio Nova Esperança FM 87.9, Vila Esperança, Cubatão, São Paulo, on the air since 2003, are analyzed. In the final considerations, based on the studies done, we present the possibilities of the contribution of community journalism to the democratization of communication, and to the construction of citizenship. It also shows the limits and challenges of this paradigm of communication
Share - Bookmark