publication . Master thesis . 2012

Mudança dos mecanismos de defesa e das características de personalidade no processo terapêutico

Loureiro, Diana de Paiva Silvano Calado;
Open Access Portuguese
  • Published: 01 Jan 2012
  • Publisher: ISPA - Instituto Universitário
  • Country: Portugal
Abstract
Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário, na especialidade de Psicologia Clínica Os mecanismos de defesa são um dos conceitos mais originais e uma das mais duráveis contribuições teóricas da psicanálise. O objetivo desta revisão de literatura consiste em aprofundar questões relacionadas com o desenvolvimento e evolução de conceções acerca do conceito, compreender funções relevantes dos mecanismos de defesa, e sobretudo fazer uma pesquisa acerca da investigação empírica ao nível do papel dos mecanismos de defesa no processo e eficácia da psicoterapia, e em torno das variáveis relacionadas com os mecanismos de defesa, com especial enfo...
Subjects
free text keywords: Mecanismos de defesa, Psicoterapia, Processo, Mudança, Defense mechanisms, Psychotherapy, Process, Change
Related Organizations
Download from

Anexos...................................................................................................................................... 50 Anexo 1 - Tabela dos Estudos Empíricos ............................................................................. 51 Anexo 2 - Folha de cotação da DMRS ................................................................................. 57 Anexo 3 - Níveis de ODF (DMRS) e Perfis Defensivos de ambas as pacientes .................. 58 Anexo 4 - Percentagem de defesas utilizadas por período - Paciente 1 ............................... 59 Anexo 5 - Percentagem de defesas utilizadas por período - Paciente 2 ............................... 64 Anexo 6 - Cotação das sessões áudio (DMRS) - Paciente 1 ................................................ 68 Anexo 7 - Cotação das sessões áudio (DMRS) - Paciente 2 .............................................. 157 É excessivamente dedicado(a) ao trabalho e à produtividade; em detrimento de actividades 66. de lazer e relacionamentos.

Tende a ser avarento(a) e retraído(a) (quer em relação a dinheiro, como ideias, emoções, 67. etc.).

102. Tem uma fobia específica (exemplo: cobras, aranhas, cães, aviões, elevadores, etc.).

Powered by OpenAIRE Open Research Graph
Any information missing or wrong?Report an Issue