publication . Master thesis . 2012

Qualidade de vida, funcionamento cognitivo e adesão em idosos : um estudo exploratório

Gonçalves, Daniela Patrícia Araújo;
Open Access Portuguese
  • Published: 01 Jan 2012
  • Country: Portugal
Abstract
Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e Saúde - Núcleo de Psicologia da Saúde e da Doença), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2012 O processo de envelhecimento acarreta inúmeras mudanças para o idoso. Devido às alterações físicas, psicológicas e sociais que se dão nessa fase de vida, o estado emocional, o funcionamento cognitivo e a capacidade funcional do idoso podem alterar-se, havendo por vezes uma maior preponderância de sentimentos menos positivos. Todas estas mudanças vão originar uma mudança na percepção da qualidade de vida do idoso. Aspectos que eram tidos como determinantes na vida adulta passam a ser secundários em ...
Subjects
free text keywords: Qualidade de vida - velhice, Capacidade funcional, Envelhecimento, Teses de mestrado - 2012
Related Organizations
25 references, page 1 of 2

Ávila, R. & Bottino, C. M. (2006). Atualização sobre alterações cognitivas em idosos com síndrome depressiva. Ver. Bras. Psiquiatria, 28 (4). 316-320.

Ballone, G.J & Moura, E.C. (2006). Depressão no Idoso In PsiqWeb, disponível em www.psiqweb.med.br. Visto em 2012.

Baptista, M. N., Morais, P. R., Rodrigues, T. & Silva, J. A. (2007). Correlação entre sintomatologia depressiva e prática de actividades sociais em idosos. Avaliação Psicológica, 5(1), 77-85

Baumann, R., Putz, C., Rohrig, B., Hoffen, K. & Wedding, U. (2009). Health-related quality of life in elderly cancer patients, elderly non-cancer patients and an elderly general population. European Journal of Cancer Care, 18, 457-465. [OpenAIRE]

Britten, N. (1994). Patients' ideas about medicines: a qualitative study in a general practice population. British Journal of General Practice, 44, 465-468. [OpenAIRE]

Cabral M. V. & Silva, P. A. (2010). A adesão à terapêutica em Portugal: atitudes e comportamentos da população portuguesa perante as prescrições médicas. Comunicação apresentada no Centro Cultural de Belém.

Caixeta, G. C. S. & Ferreira, A. (2009). Desempenho cognitivo e equilíbrio funcional em idosos. Ver. Neurocienc. 17(3): 202-8.

Carvaljo, M. P. R. S. & Dias, M. O. (2011). Adaptação dos Idosos Institucionalizados. Millenium, 40: 161‐184. [OpenAIRE]

Christensen, H. (2001). What cognitive changes can be expected with normal ageing? Australian and New Zealand Journal of Psychiatry, 35, 768-775

Delgado, A.B. & Lima, M. L. (2001). Contributo para a validação concorrente de uma medida de adesão aos tratamentos. Psicologia, Saúde & Doença, 2(2) 81-100. [OpenAIRE]

Fortunato, P. J., Simões, F. Envelhecer bem: um estudo sobre qualidade de vida e espiritualidade. Aveiro - Universidade de Aveiro. 2010. Dissertação de Mestrado.

Lobet, M. P., Ávila, N. R., Farràs, J. F. & Csnut, M. T. L. (2011). Quality of Life, Happiness and Satisfaction with Life of Individuals 75 Years Old or Older Cared for by a Home Health Care Program. Rev. Latino-Am. Enfermagem, 19(3), 467-75.

Lobo, A. & Pereira A. (2007) Idoso Institucionalizado: Funcionalidade e Aptidão Física. Revista Referência, II Série, n.4.

Machado, M. M. P. Adesão ao Regime Terapêutico: Representações das pessoas com IRC sobre o contributo dos enfermeiros. Braga - Universidade do Minho. 2009.

Minayo, M. C. S., Hartz, Z. M. A. & Buss, P. M. (2000). Qualidade de vida e saúde: um debate necessário. Ciências & Saúde Coletiva, 5(1), 7-18.

25 references, page 1 of 2
Powered by OpenAIRE Open Research Graph
Any information missing or wrong?Report an Issue