Vestuário inteligente e o interface no tratamento da obesidade infantil

Master thesis Portuguese OPEN
Dias, André José Santos (2011)
  • Publisher: Universidade da Beira Interior
  • Subject: Design moda - Vestuário inteligente | Design moda - Obesidade infantil - Mobilidade | Têxteis - Vestuário inteligente | Moda - Obesidade infantil - Tecnologia | Vestuário inteligente - Crianças - Obesidade - Desporto

O tema apresentado “Vestuário inteligente e o interface no tratamento da Obesidade infantil” contém um estudo sobre o aumento da obesidade na faixa etária dos 9 aos 14 anos de idade, aliado ao desenvolvimento de um produto na área de design de moda. Esta pesquisa é de grande importância, porque actualmente este problema de saúde tem apresentado um elevado número de crianças com excesso de peso. Este aumento deve-se a vários motivos dos quais podemos destacar os factores socioculturais, genéticos, psicológicos, nutricionais e sedentários. Existe uma enorme probabilidade de incidência da obesidade na fase adulta, apresentando graves complicações, tais como dificuldades cardiovasculares, respiratórias, metabólicas, digestivas, dermatológicas, manifestações articulares, entre outras patologias graves. Este problema deverá ser tratado preferencialmente numa fase inicial. Este trabalho pretende analisar um grupo de crianças no que diz respeito aos problemas relacionados com a obesidade e com as suas preferências relativamente a determinadas características de peças de design de moda, bem como sensibilizá-las através de propostas desenvolvidas de um produto de design de moda para o auxílio da resolução do problema da obesidade infantil. O projecto questiona a viabilidade de um produto que auxilie no tratamento da obesidade intervindo numa das fases do tratamento, designadamente, na prática de desporto ou actividades físicas. Os aspectos que levam a analisar este problema estão relacionados com o aumento do número de crianças com excesso de peso em Portugal, bem como a deficiência no mercado de produtos que auxiliem na fase de crescimento das crianças, quer a nível de conceito quer na adequação das medidas corporais na modelagem. Esta analogia foi explorada geograficamente em Portugal, enquadrando a obesidade infantil com roupas apropriadas para o lazer e actividades lúdicas no exterior, existindo no vestuário uma funcionalidade que respeita a ergonomia e a antropometria do design, com uma correspondência entre a manutenção das peças e a perda de peso. Devido a esta deficiência de mercado e necessidade do consumidor foi desenvolvida uma proposta de design de moda associada à tecnologia que poderá preencher esta lacuna nos consumidores de roupas plus-size. É proposto a introdução no protótipo de um dispositivo tecnológico que pretende estimular a prática de actividades físicas.
Share - Bookmark