Educação parental na transição e adaptação das crianças portuguesas da pré-escola ao 1º Ciclo do Ensino Básico

Article Portuguese OPEN
Martins, Ernesto ; Martins, Susana (2017)
  • Publisher: PUC
  • Subject: Adaptação escolar | Competência parental | Educação parental | Ensino fundamental | Interação comunicativa | Adaptation to school | Parental skill | Parental education | Primary school | Communicative interaction

A educação parental é um recurso psicoeducativo, relacional e comunicacional na adaptação escolar. A entrada das crianças no ensino básico, provenientes da pré-escola (transição), é um momento de mudanças para elas e para os pais. A literatura, em geral, refere como fatores essenciais para o sucesso dessa adaptação escolar: o contexto; a família; a escola; a etnia, a cultura e linguagem; as características pessoais da criança. O estudo realizou-se em 2014, numa turma (N= 24 alunos) de uma escola urbana portuguesa (Escola Básica Cidade de Castelo Branco), de forma integrada com o Projeto de Inteligência Emocional em contexto escolar. A pesquisa apresenta uma metodologia mista (quantitativa e qualitativa), com o objetivo de interpretar a relação dos comportamentos interativos e comunicativos dos pais e a adaptação dos filhos ao 1° ano da escolaridade obrigatória. As técnicas de recolha de dados foram: observação participante, escala de percepção sobre competências parentais, entrevista semiestruturada com os pais (N=18) e notas de campo. Realizou-se uma triangulação de dados, de base categorial e estatística, que confirmou a boa comunicação entre pais e filhos, na medida em que aqueles recorrem frequentemente ao diálogo com a escola para abordar situações de aprendizagem e comportamento. Os pais revelaram estar ’presentes’ e preocupados com a prática de atividades dos filhos e com a adaptação ou integração escolar, insistindo no cumprimento das regras de convivência, disciplina, postura em sala de aula, concentração e atenção. Parental education is a psycho-educational, relational and communicational resource for school adaptation. The admission of children to primary education from preschool (transition) is a time of change for them and for their parents. The literature, in general, refers to the following aspects as key factors for the success o!’ school adaptation: context; family; school; ethnicity, culture and language; and personal characteristics of the child. The study was conducted in class (N = 24 students) in a Portuguesa urban school (Escola Básica Cidade de Castelo Branco) in 2014 together with the Emotional Intelligence Project in the school context. The mixed methodology (quantitative, qualitative) aimed to interpret the relationship between interactive and communicative behaviors of parents and the adaptation of children during the first year of compulsory education. Data collection techniques were as follows: participant observation; perception scale of parenting skills and semi-structured interview with parents (N=18); field notes. The triangulation of data using a categorical and statistical framework, confirmed the good communication between parents-children as parents often sought dialogue with the school to address situations related to learning and behavior. The parents revealed to be ‘present’ and concerned with the practice of activities with the children and their adaptation, insisting on the compliance with the rules of coexistence, discipline, behavior in the classroom, concentration, and attention. info:eu-repo/semantics/publishedVersion
Share - Bookmark