A Indústria de Defesa em Portugal e BTID, uma visão prospetiva

Article Portuguese OPEN
Mirones, José; Ferreira, Rui; Santiago, José;
(2017)
  • Publisher: IUM
  • Subject: Base Tecnológica e Industrial de Defesa Europeia | Indústrias de Defesa | European Defence Agency | Technological and Industrial Defence Base | Plataforma das Indústrias de Defesa Nacionais | Base Tecnológica e Industrial de Defesa | Investigação & Desenvolvimento | National Defence Industries Platform | European Technological and Industrial Defence Base | Agência Europeia de Defesa | Research & Development

O atual contexto marcado pela escassez de recursos para afetação a políticas públicas, tem consequências negativas no desenvolvimento da indústria nacional e, particularmente, nas de defesa, importando conhecer a temática da Indústria de Defesa e da base tecnológica ond... View more
  • References (39)
    39 references, page 1 of 4

    1.1. Síntese da evolução recente das Indústrias de Defesa ............................................... 5 1.2. A situação das Indústrias de Defesa em Portugal ...................................................... 6 1.3. Conceitos estruturantes .............................................................................................. 6 1.4. Metodologia ............................................................................................................... 6 2.1. A ID europeia, a EDA e a BTIDE ............................................................................. 8 2.2. A I&D na Europa..................................................................................................... 11 2.3. Caracterização da ID e BTID nacional .................................................................... 12 Índice de Anexos

    Anexo A - Corpo de conceitos........................................................................... Anx A-1 Anexo B - Constituição da BTID ...................................................................... Anx B-1 Índice de Apêndices

    Apêndice A - Estrutura-guia da investigação ..................................................... Apd A-1 Apêndice B - Percurso metodológico................................................................. Apd B-1 Apêndice C - Breve caraterização da ID nacional.............................................. Apd C-1 Índice de Figuras

    Figura 1 - Estrutura das ID da BTIDE ................................................................................ 10 Figura 2 - Projeção das despesas europeias com a defesa .................................................. 11 Figura 3 - Posicionamento da I&D europeia ...................................................................... 12 Figura 4 - Esquematização da estratégia de desenvolvimento da BTID - planos e objetivos estratégicos................................................................................................... 13 Figura 5 - Finalidades do processo de desenvolvimento de capacidades de defesa e segurança...................................................................................................... 20 Figura 6 - Papel articulador do CCID ................................................................................. 22 Figura 7 - O CCID e a articulação das linhas de ação ........................................................ 22 Índice de Tabelas

    Tabela 1 - Fatores condicionantes da atividade da ID e BTID ........................................... 17 FCT, 2014. Estratégia Nacional de Investigação e Inovação para uma Especialização Inteligente. [Em linha] Disponível em: https://www.portugal2020.pt/ Portal2020/Media/Default/Docs/EstrategiasEInteligente/ENEI_Vers%C3%A3o%20f inal.pdf [Acedido em 22 novembro 2016].

    Ferreira, J. B., 2013. Indústria nacional na edificação de capacidades da defesa. Contributos do desenvolvimento sustentado das capacidades. Trabalho de Investigação Individual do CPOG: IESM.

    Filipe, E. N. e Sousa, M. B., 2016. A idD e a BTID [Entrevista]. Lisboa (30 novembro 2016).

    Gomes, A. H., 2011. A Indústria de Defesa e a Modernização das Forças Armadas Portuguesas. Trabalho de Investigação Individual do CPOG: IESM.

    Governo, 2010. Estratégia de Desenvolvimento da Base Tecnológica e Industrial de Defesa. (Resolução do Conselho de Ministros n.º 35/2010 de 15 de abril), Lisboa: Diário da República.

    Guay, T. R., 2007. Globalization and its Implications for the Defense Industrial Base. Carlisle: Strategic Studies Institute.

  • Metrics
    0
    views in OpenAIRE
    35
    views in local repository
    18
    downloads in local repository

    The information is available from the following content providers:

    FromNumber Of ViewsNumber Of Downloads
    Repositório Comum 35 18
Share - Bookmark