Um estudo sobre a relação entre género dos pais e dos filhos e práticas de estilos parentais

Master thesis Portuguese OPEN
Albuquerque, Sandra Daniela Quental de (2016)
  • Subject: Parentalidade | Estilo parental democrático | Estilos parentais | Parenting styles | Estilo parental permissivo | Práticas parentais | Parental practices | Authoritarian style | Parenting | Permissive style | Estilo parental autoritário

As abordagens teóricas sobre os estilos parentais ajudam-nos a compreender tanto a forma como os pais se relacionam com os filhos como alguns dos comportamentos associados às aprendizagens escolares das crianças. A literatura de referência na área (Baumrind, 1966, 1971, 1975) identifica três principais estilos parentais: o democrático ou autoritativo, o autoritário e o permissivo. O estudo teve por objetivos; identificar estilos parentais predominantes de um grupo de pais; analisar a relação entre as variáveis “sexo dos pais” e “sexo dos filhos” e “estilos parentais”; proporcionar uma base de reflexão sobre a forma como os estilos parentais se podem refletir nos comportamentos, atitudes e aprendizagens das crianças em ambiente escolar. A recolha de dados foi feita com recurso à escala Parenting Styles Dimensions Questionnaire – Short Form (Robinson et al., 2001), adaptada para a língua portuguesa por Carapito, Pedro e Ribeiro (2007) e validada por Miguel, Valentim e Carugati (2009). O questionário foi aplicado a uma amostra de 102 sujeitos (54 mães e 48 pais) cujos filhos frequentam um Centro de Estudos da região de Lisboa. Os resultados sugeriram a inexistência, na amostra estudada, de uma relação entre as variáveis em causa, ao contrário do que sugerem certos autores (e.g. Weber et al., 2006; Gomes, 2010). São feitas sugestões para estudos futuros que incluem o alargamento da amostra, com seleção aleatória dos sujeitos e a análise da relação entre estilos parentais predominantes e as aprendizagens escolares dos filhos. É ainda enfatizada a relevância de um conhecimento, por parte dos Educadores de Infância e Professores do 1º Ciclo do Ensino Básico, sobre a temática para uma relação mais fundamentada com as famílias e para a promoção do sucesso educativo das crianças. Theoretical approaches to parenting styles help us to understand both the way parents relate to their children as some of the behaviors associated with learning outcomes. The literature (Baumrind, 1966, 1971, 1975) identified three main parenting styles: democratic or authoritative, authoritarian and permissive. The present study aimed: to identify predominant parenting styles of a group of parents; to analyze the relationship between the variables "parental gender" and "children gender" and "parenting styles"; to provide a basis for reflection on how parenting styles can be reflected in the behaviors, attitudes and learning outcomes. Data collection was done using the scale Parenting Styles Dimensions Questionnaire - Short Form (Robinson et al, 2001) adapted to Portuguese language by Carapito, Pedro and Ribeiro (2007) and Miguel Valentim and Carugati (2009). The questionnaire was applied to a sample of 102 subjects (54 mothers and 48 fathers) whose children attended a Study Centre, in Lisbon region. The results did not confirm the hypothesis on the relationship between the variables in question, as some authors propose (e.g. Weber et al. 2006; Gomes, 2010). Suggestions are made for future studies including the use of a random and larger sample and the analysis of the relationship between predominant parenting styles and learning outcomes. It also emphasized the importance of knowledge, by kindergarten and first grade teachers on the subject in order to sustain a proper relationship with the children families and to promote the learning success.
  • References (19)
    19 references, page 1 of 2

    Aires, L. (2011). Paradigma Qualitativo e Práticas de Investigação Educacional. Lisboa: Universidade Aberta.

    Barroso, R. G., & Machado, C. (2011). Definições, Dimensões e Determinantes da Parentalidade. Obtido de Academia: http://www.academia.edu/1294639/Defini%C3%A7%C3%B5es_Dimens%C3% B5es_e_Determinantes_da_Parentalidade_Definitions_Dimensions_and_Determ inants_of_Parenting_

    Baumrind, D. (1966). Effects of Authoritative Parental Control on Child Behavior. Em Child Development (pp. 887-907). California: University of California, Berkeley.

    Baumrind, D. (1971). Harmonious Parents and Their Preschool Children. Em Development Psychology (pp. 99-102). California: University of California, Berkeley.

    Baumrind, D. (1975). The contributions of the family to the development of competence in children. California: University of California, Berkeley.

    Brás, P. F. (2008). Um olhar sobre a parentalidade (estilos parentais e aliança parental) à luz das transformações sociais atuais. Lisboa: Universaide de Lisboa Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação.

    Cardoso, J., & Veríssimo, M. (2013). Estilos Parentais e Relações de Vinculação. Em Análise Psicológica (pp. 393-406). Lisboa: U.I.P.C.D.E, ISPA - Instituto Universitário.

    Hochman, B., Nahas, F. X., Filho, R. d., & Ferreira, L. M. ( 2005). Desenhos de Pesquisa. Acta Cirúrgica Brasileira, pp. 02-09.

    Mesquita, M. (14 de Fevereiro de 2013). Plataforma Barómetro Social. Obtido de Barómetro: http://barometro.com.pt/archives/889

    Miguel, I., Valentim, J. P., & Carugati, F. (2009). Questionário de Estilos e Dimensões Parentais - Versão Reduzida: Adaptação Portuguesa do Parenting Styles and Dimensions Questionnaire - Short Form. Em Psychologica (pp. 169-188).

  • Metrics
    0
    views in OpenAIRE
    53
    views in local repository
    32
    downloads in local repository

    The information is available from the following content providers:

    From Number Of Views Number Of Downloads
    Repositório Comum 53 32
Share - Bookmark