Infeções alimentares por Campylobacter

Master thesis Portuguese OPEN
Neto, Carlota Duarte Castro (2017)
  • Subject: Campylobacter | Gastroenterite | Resistência antibiótica | Campilobacteriose

Dissertação para obtenção do grau de Mestre no Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz Após o isolamento bem-sucedido em fezes na década de setenta do século passado (1972), Campylobacter tornou-se rapidamente a espécie bacteriana mais comumente associada a doenças diarreicas em todo o mundo. A infeção por Campylobacter provoca um espectro de doenças, incluindo enterite aguda, infeções extra-gastrointestinais e complicações pós-infeciosas. A doença gastrointestinal autolimitada aguda, caracterizada por diarreia, febre e cólicas abdominais, é a apresentação mais comum da infeção por Campylobacter jejuni e Campylobacter coli. Em geral, a enterite por Campylobacter é uma doença autolimitante que raramente requer terapia antimicrobiana. A resistência aos antibióticos, particularmente às fluoroquinolonas e aos macrólidos, emergiu globalmente om espécies de Campylobacter termófilos, dando origem a preocupações sobre o aparecimento de tais resistências, bem como as consequências para o tratamento humano e animal. Os impactos da resistência antibacteriana podem ser medidos ao nível do paciente por aumento da morbidade e mortalidade, ao nível da saúde por aumento da utilização de recursos, custos mais elevados e ao nível da sociedade por diretrizes de tratamento antibiótico favorecendo uma terapia empírica de maior alcance. Esta revisão abrange a taxonomia, deteção e identificação da espécie, manifestações clínicas e tratamento da infeção, resistências antibióticas e ainda o panorama Europeu e Nacional desta zoonose.
  • References (29)
    29 references, page 1 of 3

    1. Introdução ………………………………………………………………………….13

    2. Campylobacter spp. ………………………………………………………………..15 2.1. Descoberta e Origem da Bactéria ……………………………………………..15 2.2. Perspetiva Microbiológica …………………………………………………….16 2.3. Isolamento e Identificação de Campylobacter ………………………………..18 2.3.1. Transporte das Amostras ……………………………………………….19 2.3.2. Isolamento de Campylobacter spp. …………………………………….19 2.3.3. Incubação ………………………………………………………………20 2.3.4. Identificação de Campylobacter spp. …………………………………..21

    5. Controlo da Infeção por Campylobacter spp. ……………………………………...47 5.1. Medidas de prevenção ………………………………………………………...47 5.2. Perspetivas futuras …………………………………………………………….48

    Aarestrup, F., & Engberg, J. (2001). Antimicrobial resistance of thermophilic Campylobacter, 32, 311-321. Retirado de https://hal.archives-ouvertes.fr/hal00902709

    Acheson, D., & Allos, B. M. (2001). Campylobacter jejuni Infections: Update on Emerging Issues and Trends. Clinical Infectious Diseases, 32(8), 1201-1206. http://doi.org/10.1086/319760

    Ajene, A. N., Fischer Walker, C. L., & Black, R. E. (2013). Enteric pathogens and reactive arthritis: A systematic review of Campylobacter, Salmonella and Shigellaassociated reactive arthritis. Journal of Health, Population and Nutrition, 31(3), 299-307. http://doi.org/10.3329/jhpn.v31i3.16515

    Aleixo, M. J. (2003). Diarreia do viajante. Dossier: Medicina de Viagem, 253-259. Retirado de www.rpmgf.pt/ojs/index.php/rpmgf/article/download/9940/9678

    Alfredson, D. A., & Korolik, V. (2007). Antibiotic resistance and resistance mechanisms in Campylobacter jejuni and Campylobacter coli. FEMS Microbiology Letters, 277(2), 123-132. http://doi.org/10.1111/j.1574-6968.2007.00935.x

    Authority, E. F. S. (2009). Community Summary Report - Food-borne outbreaks in the European Union in 2007. The EFSA Journal (Vol. 223).

    Authority, E. F. S. (2014). European union summary report on antimicrobial resistance in zoonotic and indicator bacteria from humans, animals and food 2012 published. Eurosurveillance, 19(12). http://doi.org/10.2903/j.efsa.2017.4694

  • Metrics
    0
    views in OpenAIRE
    49
    views in local repository
    32
    downloads in local repository

    The information is available from the following content providers:

    From Number Of Views Number Of Downloads
    Repositório Comum 49 32
Share - Bookmark