Mulheres ciganas, criminalidade e adaptação ao meio prisional

Master thesis Portuguese OPEN
Segurado, Nuno;
(2014)
  • Subject: Adaptação | Grupos étnicos | Portugal | Adaptation | Deviation | Reinserção | Criminalidade | Total institution | Mulheres | Female crime | Prisões | Multiculturalismo | Ciganos | Prison | Gypsies

Dissertação de Mestrado em Relações Interculturais apresentada à Universidade Aberta Este trabalho tem por base o estudo das reclusas ciganas no Estabelecimento Prisional de Tires, a cumprir pena efetiva com trânsito em julgado, com o objetivo de perceber o tip... View more
  • References (12)
    12 references, page 1 of 2

    estabelecimentos prisionais........................................................................................................... 4 1. Desenvolvimento do sistema penal em Portugal .............................................. 5 2. Organização do Sistema Prisional Português - a emergência de ressocialização ......................................................................................................... 9 3. Estabelecimentos Prisionais: arquitetura prisional e níveis de segurança.. 17 4. O Estabelecimento Prisional de Tires ............................................................. 24

    Capítulo II - A prisão como instituição total, desvio social e criminalidade feminina ......... 34 1. Os estabelecimentos prisionais como instituições totais................................ 35 2. Desvio social e delinquência............................................................................. 42 3. Criminalidade feminina ................................................................................... 44 4. Alguns dados sobre a criminalidade em Portugal ......................................... 50

    criminalidade pela mulher cigana .............................................................................................. 55 1. Enquadramento dos ciganos como etnia e minoria étnica............................ 56 2. Os ciganos no mundo e em Portugal ............................................................... 59 3. Cultura cigana, o que é?................................................................................... 63 4. Ciganas e criminalidade ................................................................................... 68

    CONTORNOS DO BJETO DE ESTUDO ..................................................................... 73 1. Metodologia de investigação e objeto de estudo .............................................................. 74 2. Instrumentos de recolha de dados: constrangimentos e oportunidades. ................... 79

    1. Caracterização sociodemográfica das mulheres reclusas ............................................. 87

    3. A adaptação à prisão e a perspetiva de reinserção social............................................ 101 5. Dados de reclusas ciganas não adaptadas ao meio prisional ...................................... 111 6. Comparação da população reclusa não adaptada e adaptada .................................. 112

    Figura 2. Distribuição da Adaptação das Reclusas pelo Índice PD + SC .................... 107

    Figura 3. Distribuição da Adaptação das Reclusas pelo Índice PD + SC + SEE ......... 109

    Figura 4. Resumo das alterações observadas após inclusão da variável SEE no índice

    Adaptação Total, para a amostra de etnia cigana ......................................................... 110

  • Similar Research Results (2)
  • Metrics
Share - Bookmark