publication . Article . 2004

Novos dados sobre o tesouro do Monte do Senhor dos Perdidos (Penacova, Felgueiras)

Centeno, Rui; Pinto, J. M. Mendes;
Open Access Portuguese
  • Published: 01 Jan 2004
  • Publisher: Porto : Universidade do Porto. Faculdade de Letras
  • Country: Portugal
Abstract
Study of a set of 34 denarii, belonging to a hoard found in Monte do Senhor dos Perdidos (Penacova, Felgueiras), of which only 26 pieces were known (published in 1987). This material, from distinct private collections, makes it possible to establish a different chronology as far as its occultation is concerned (probably during the reigns of Claudius I or Nero).
Subjects
free text keywords: Arqueologia - Portugal, Numismática, Escavações arqueológicas - Penacova (Felgueiras, Portugal)
Related Organizations
16 references, page 1 of 2

4 Rui M.S. Ceteno, op., cit., p. 65-66.

5 I. Pereira, J.-P. Bost e J. Hiernard, Fouilles de Conimbriga, III. Les monnaies, Paris, 1974, p. 197 N. Erradamente, este tesouro aparece localizado no distrito de Coimbra.

6 Maurício Antonino Fernandes, Felgueiras de Ontem e de Hoje, Felgueiras, 1989, p. 35. Este autor (p. 35, nota 8) informa também que o tesouro compreendia cerca de 100 moedas, depositadas num vaso, atribuindo, por lapso, a data do achado ao ano de 1979.

7 José Marcelo S. Mendes Pinto, Escavações arqueológicas no Mosteiro de Santa Maria Maior de Pombeiro de Riba-Vizela, Porto, 1998 (Relatório da campanha de 1997, polic.).

8 Catálogo, moeda n.º 60.

9 Quatro destas peças pertencem aos Grupos V e VI de J.-B. Giard, Le monnayage de l'atelier de Lyon des origines au règne de Caligula (43 avant J.-C.-41 après J.-C.), Wetteren, 1983, n.º 152 e 154, datadas entre Julho de 33 e a morte de Tiberius, em 16 de Março de 37. C.H.V. Sutherland, em “The Pontif Maxim aurei of Tiberius”, Quaderni Ticinesi. Numismatica e Antichità Classiche, XVI, 1987, p. 217-27, recuperando com alterações a proposta cronológica de H. Mattingly para a série Pontif Maxim (Coins of Roman Empire in the British Museum, Volume I. Augustus to Vitellius, London, Reimpr. 1976, p. cxxx), defende uma cronologia similar para estas emissões, entre os anos 31 e 37.

10 Utiliza-se aqui a mesma divisão de períodos adoptada por Rui M.S. Centeno, op. cit., p. 172.

11 Também são raros os exemplares datados dos primeiros anos do reinado de Nero, cf. Rui M.S. Centeno, op. cit., p. 225.

12 Ou então uma baixa no aprovisionamento da Hispânia, cf. Rui M.S. Centeno, op. cit., p. 225, nota 87. C. Rodwald, Money in the Age of Tiberius, Manchester, 1976, p.16, defende um aumento da produção de moeda após a crise financeira de 33, sendo seguido por R. Duncan-Jones, Money and Government inthe Roman Empire, Cambridge, 1994, p. 100, 250-51.

13 Rui M.S. Centeno, op. cit., p. 225, nota 86 e A. Savio, La coerenza di Caligola nella gestione della moneta, Firenze, 1988, p. 45.

14 Rui M.S. Centeno, ibidem; R. Duncan-Jones, op. cit., p. 100

15 R. Duncan-Jones, op. cit., p. 201 e 221.

16 Rui M.S. Centeno, op. cit., p. 223 e nota 77; M.ª de las Cruces Blázquez Cerrato, La circulación monetaria en torno a la via de la Plata desde sus inicios hasta fines del reinado de Commodo, Salamanca, 1993, p. 67-71(polic.). Na Estremadura não foi inventariado qualquer tesouro fechando com moedas destes três imperadores, cf. J. Ruivo, Circulação monetária na Estremadura portuguesa até aos inícios do séc. III, (Anexos Nummus, 5), Porto, 1997, p. 99-105.

17 Rui M.S. Centeno, op. cit., p. 43-4, Tesouro 25 e p. 224.

18 Sobre as funções destes cambistas cf. J. Andreau, Banque et affaires dans le monde romain (Ive siècle av. J.-C. - IIIe siècle ap. J.-C.), Paris, 2001, p. 76-8.

16 references, page 1 of 2
Powered by OpenAIRE Open Research Graph
Any information missing or wrong?Report an Issue