O impacte da inteligência emocional no desempenho de colaboradores : análise de um caso numa grande instituição financeira em Portugal

Master thesis Portuguese OPEN
Silva, Francisco Manuel dos Reis Luiz de Oliveira da (2012)
  • Subject: Inteligência emocional | Desempenho comercial | Gestor de empresas | Instituição financeira | Emotional intelligence | Commercial performance | Business management | Financial institution

Terá a inteligência emocional (IE) um papel relevante no desempenho comercial dos gestores de empresas? O presente trabalho explora esta questão numa grande instituição financeira portuguesa. A amostra (n = 149) incluiu todos os gestores de empresas que responderam ao questionário de avaliação da inteligência emocional de auto-relato (desenvolvido por Schutte et al., 1998) de um universo de trabalho composto por 216 gestores de empresas. O desempenho comercial foi representado pelas três subavaliações que compõem a avaliação de desempenho global e pelo inquérito de satisfação dos clientes. Os gestores de empresas com as maiores classificações individuais nas subavaliações e no inquérito de satisfação são também os que apresentaram os níveis mais elevados de inteligência emocional. Para aprofundar o estudo, realizou-se uma regressão linear múltipla com a finalidade de validar se as variáveis independentes que representam o desempenho comercial seriam preditores do nível de inteligência emocional. Como resultado, obteve-se um modelo altamente significativo e com um R2a = 0,652. A presente investigação permite apontar para uma relação directa entre o nível de inteligência emocional e o desempenho comercial dos gestores de empresas da instituição financeira estudada, ou seja quanto maior for a inteligência emocional dos gestores de empresas, melhor será o seu desempenho comercial. Has the emotional intelligence (EI) a relevant role in the commercial performance of business managers? The present work explores this question in a major Portuguese financial institution. The sample (n. = 149) includes all business managers that answered the self-report evaluation questionnaire of emotional intelligence (developed by Schutte et al., 1998) in a work universe composed by 216 business managers. The commercial performance was represented by all the three sub-evaluations that comprise the evaluation of global performance and the customer satisfaction enquiry. The business managers that achieved the higher individual classifications in the sub-evaluations and in the satisfaction enquiry are also those with higher levels of emotional intelligence. To validate this study, a multiple linear regression was made with the purpose of validating if the independent variables that represent the commercial performance would predict the emotional intelligence level. As a result a highly significant model was achieved with a R2a = 0,652. The present research aims at a direct relationship between the emotional intelligence level and the commercial performance of business managers, namely at the studied financial institution, that is, the higher level of emotional intelligence of business managers, the better is their commercial performance.
Share - Bookmark