USO DA TERAPIA ESPELHO NA AMPLITUDE DE MOVIMENTO E FUNÇÃO DO MEMBRO INFERIOR EM PACIENTES HEMIPARÉTICOS PÓS-AVE

Article Portuguese OPEN
Livia Danyelle Viana Lima ; Bruno Vieira Cortez ; Janaína de Moraes Silva (2017)
  • Publisher: Universidade do Vale do Paraíba
  • Journal: Revista UniVap (issn: 1517-3275, eissn: 2237-1753)
  • Related identifiers: doi: 10.18066/revistaunivap.v22i40.1243
  • Subject: Acidente Vascular Encefálico | Hemiparesia | Retroalimentação Visual. | General Works | A

Resumo: O exercício associado a terapia espelho potencializa a retenção de habilidades, melhorando o desempenho de atividades motoras de indivíduos hemiparéticos pós-AVE. Este estudo objetivou a análise do efeito da terapia espelho na amplitude de movimento e funcionalidade do membro inferior. Amostra composta de 11 participantes, com hemiparesia em membro inferior, submetidas a fisioterapia convencional. A intervenção constituiu de 10 atendimentos, 30 minutos diários e três vezes por semana. Para avaliação foram usados: Goniometria; Escala Modificada de Ashworth (EMA); Escala de Força de Oxford; Cadência de Subida e Descida de Escada; Time Up And Go Test. Os dados foram coletados antes e após a intervenção da Terapia Espelho e comparados. Segundo resultados do estudo a Terapia Espelho proporcionou ganhos na ADM e função do membro inferior parético pós-AVE, porém não interferiu na espasticidade. Palavras-chave: Acidente Vascular Encefálico, Hemiparesia, Retroalimentação Visual.
Share - Bookmark