publication . Article . 2015

“O HOMEM QUE FOI DESMANCHADO” COMO (PRÉ)TEXTO DA MODERNIDADE DOI: 10.5216/lep.v18i1.35039

PERES, Rafael Geraldo Vianney; RIBEIRO, Ivan Marcos;
Open Access
  • Published: 17 Apr 2015 Journal: Linguagem: Estudos e Pesquisas, volume 18 (issn: 1519-6240, Copyright policy)
  • Publisher: Universidade Federal de Goias
Abstract
Este estudo tem como meta analisar os estigmas tecnologicos que sinalizam para a modernidade, antecipando seus espantosos impactos, inicialmente sentidos no decorrer do processo de industrializacao do seculo XIX. Os efeitos da modernizacao nos grandes centros, bem como da diaspora proletaria, evidenciaram-se logo apos o Iluminismo, que lhes influenciara de maneira significativa. No nucleo efervescente de tais acontecimentos, estava Edgar Allan Poe, escritor romântico que habilmente revelou a crise de seus contemporâneos diante da mecanizacao, sobre a qual se fara um breve inventario, por intermedio de seu conto “O homem que foi desmanchado” (1839). Assim procede...
Subjects
free text keywords: Humanities, Art, media_common.quotation_subject, media_common, Art history, Modernity, Utopia, Monumental history, Technologies, Language and Literature, P, Philology. Linguistics, P1-1091, French literature - Italian literature - Spanish literature - Portuguese literature, PQ1-3999
Related Organizations
Powered by OpenAIRE Open Research Graph
Any information missing or wrong?Report an Issue
publication . Article . 2015

“O HOMEM QUE FOI DESMANCHADO” COMO (PRÉ)TEXTO DA MODERNIDADE DOI: 10.5216/lep.v18i1.35039

PERES, Rafael Geraldo Vianney; RIBEIRO, Ivan Marcos;