A ferrovia e o desenho da cidade

Article Portuguese OPEN
Atilio Comin ; Antonio Soukef Júnior (2017)
  • Publisher: FIAM-FAAM Centro Universitário
  • Journal: InSitu: Revista Científica do Programa de Mestrado Profissional em Projeto (issn: 2446-9696)
  • Subject: Ferrovia | Patrimonio Industrial | Bairro Industrial | Aesthetics of cities. City planning and beautifying | NA9000-9428 | City planning | HT165.5-169.9

A pesquisa pretende analisar a concepção do bairro da Água Branca a partir da introdução da ferrovia São Paulo Railway Company.  Esmiuçando o contexto da cidade de São Paulo no final do século XIX e início do século XX, época em que surge o bairro Água Branca. Com a presença dos trilhos e o forte crescimento da economia cafeeira, os imigrantes vieram para São Paulo em busca de empregos, dentre eles, se destacou Francisco Matarazzo, um jovem audacioso que teve um papel fundamental na composição do bairro da Água Branca, tornando-se um dos maiores empresários do século XX, e, durante a década de 1920 construiu o complexo industrial na região denominado Indústrias Reunidas Francisco Matarazzo - IRFM. Este complexo teve papel fundamental na estruturação do bairro, até ser desativado na década de 1980, acarretando em seu abandono. Atualmente o bairro encontra-se verticalizado, com residências e escritórios de empresas entre os resquícios de uma era industrial.
Share - Bookmark