Potencial antiviral da quercetina sobre o parvovírus canino

Article Portuguese OPEN
Carvalho,O.V. ; Oliveira,F.S. ; Saraiva,G.L. ; Botelho,C.V. ; Ferreira,H.C.C. ; Santos,M.R. ; Silva Júnior,A. ; Almeida,M.R. (2013)
  • Publisher: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
  • Journal: (issn: 1678-4162)
  • Related identifiers: doi: 10.1590/S0102-09352013000200008
  • Subject: parvovírus | antiviral | Animal culture | cão | SF1-1100 | quercetina

Avaliou-se o efeito do flavonoide quercetina na replicação do parvovírus canino in vitro por meio do ensaio de determinação da atividade virucida (ensaio 1), ensaio de determinação da atividade sobre a célula (ensaio 2) e ensaio de tempo de adição das drogas em diferentes etapas do ciclo replicativo viral (ensaio 3). A quercetina apresentou significante atividade antiviral, com valores máximos de redução do título viral de 96,3% no ensaio 1, 90% no ensaio 2 e 90% no ensaio 3. Os efeitos mais expressivos ocorreram nas etapas de adsorção e penetração viral. Os resultados deste trabalho sugerem a importância da quercetina para a medicina veterinária.