publication . Article . 2017

Genre et succès (ou échec): perspectives des enseignant.e.s du primaire âgés sur les conséquences possibles de la féminisation de l'enseignement

Maria Helena Santos;
Open Access Portuguese
  • Published: 01 Dec 2017
  • Publisher: Associação Portuguesa de Estudos sobre as Mulheres - APEM
  • Country: Portugal
Abstract
A presença crescente das raparigas nas escolas registada nos últimos anos, associada ao seu maior desempenho escolar em comparação com os rapazes, levou ao ressurgimento de alguma ansiedade social. A sobrerrepresentação das mulheres no corpo docente tem sido apontada como uma das razões para o menor desempenho escolar dos rapazes devido à ausência de role models masculinos. Numa perspetiva de género, este artigo apresenta uma reflexão sustentada por alguns resultados de um estudo que envolveu entrevistas individuais semiestruturadas a 18 professoras/es do 1.º ciclo do ensino básico, com idades entre os 31 e os 61 anos, que entendem que a «feminização da docência...
Subjects
free text keywords: Género, educação, feminização da docência, docentes do ensino básico, Gender, education, feminization of teaching, elementary school teachers, Genre, éducation, féminisation de l'enseignement, enseignant.e.s des écoles élémentaires, Women. Feminism, HQ1101-2030.7
Related Organizations
Funded by
FCT| UID/PSI/03125/2013
Project
UID/PSI/03125/2013
Center for Research and Social Intervention
  • Funder: Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. (FCT)
  • Project Code: 147229
  • Funding stream: 5876
,
FCT| SFRH/BPD/78150/2011
Project
SFRH/BPD/78150/2011
GÉNERO E PROPORÇÃO NAS PROFISSÕES: CONSEQUÊNCIAS E REACÇÕES EM “MUNDOS DE HOMENS” E EM “MUNDOS DE MULHERES”
  • Funder: Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. (FCT)
  • Project Code: SFRH/BPD/78150/2011
  • Funding stream: SFRH | Pós-Doutoramento
34 references, page 1 of 3

Acker, Joan. 1990. «Hierarchies, jobs, bodies: A Theory of gendered organizations». Gender and Society 4 (2): 139-158. DOI: https://doi.org/10.1177/089124390004002002

Almeida, Ana Nunes. 2002. «A sociologia, a escola e as questões do género». A Sociologia e o Ensino Secundário: Lugares, Saberes, Itinerários. Actas do Encontro Temático Intercongressos, 14-18. Oeiras: APS. Disponível em http://docplayer.com.br/44232205-A-sociologia-a-escola-e-as-questoes-do-genero-1.html [consultado em 20 de janeiro de 2017].

Alvarez, Teresa, e Cristina C. Vieira. 2014. «O papel da educação no caminho que falta percorrer em Portugal na desconstrução dos estereótipos de género: breves reflexões». Exedra (suplemento de 2014): 8-17. Disponível em http://www.exedrajournal.com/wpcontent/uploads/2014/12/sup14-8-17.pdf [consultado em 20 de fevereiro 2017].

Araújo, Helena Costa. 1990. «As mulheres professoras e o ensino estatal». Revista Crítica de Ciências Sociais 29: 81-103. Disponível em http://www.ces.uc.pt/rccs/index.php?id=405 [OpenAIRE]

Araújo, Helena Costa. 2010. «Escola e construção da igualdade no trabalho e no emprego». In A igualdade de mulheres e homens no trabalho e no emprego em Portugal: Políticas e circunstâncias, editado por Virgínia Ferreira, 217-245. Lisboa: CITE. Disponível em http:// cite.gov.pt/asstscite/downloads/publics/Igualdade_CITE_NET.pdf

Bailey, Lucy, e Karen Graves. 2016. «Gender and education». Review of Research in Education 40: 682-722.

Böhm, Bianca, e Míria Izabel Campos. 2013. «Atuação de professores homens na educação básica: um estado da arte sobre a produção acadêmica. Horizontes, Revista de Educação 1 (1): 59-72. Disponível em http://ojs.ufgd.edu.br/index.php/horizontes/article/ view/2044 [consultado em 10 de fevereiro 2017].

Braun, Virginia, e Victoria Clarke. 2006. «Using thematic analysis in psychology». Qualitative Research in Psychology 3 (2): 77-101. DOI: https://doi.org/10.1191/1478088706qp063oa

Cardona, Maria João (coord.), Conceição Nogueira, Cristina Vieira, Marta Uva e Teresa-Cláudia Tavares. 2010. Guião de Educação, Género e Cidadania: Pré-escolar. Lisboa: CIG.

Cardona, Maria João (coord.), Conceição Nogueira, Cristina C. Vieira, Isabel Piscalho, Marta Uva, e Teresa-Cláudia Tavares. 2011. Guião de Educação, Género e Cidadania: 1.º Ciclo. Lisboa: CIG. Disponível em https://sigarra.up.pt/fpceup/pt/pub_geral. pub_view?pi_pub_base_id=15822

Cavaco, Carmen (coord.), Natália Alves, Paula Guimarães, e Paulo Feliciano. 2015. Abandono e insucesso escolar. Construir uma perspetiva de género. Lisboa: Instituto de Educação, Universidade de Lisboa. Disponível em www.poatfse.qren.pt/upload/docs/Relatorio_Final_Instituto_Educacao_UL.pdf [consultado em 17 de abril de 2015].

CIG - Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género. 2010. «Nota Prévia». In Guião de Educação, Género e Cidadania: Pré-escolar, coordenado por Maria João Cardona, vii-viii. Lisboa: CIG.

CITE - Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego. 2013. Relatório sobre o progresso da igualdade entre mulheres e homens no trabalho, no emprego e na formação profissional - 2012. Lisboa: CITE. Disponível em http://www.cite.gov.pt/asstscite/downloads/ Relat_iguald_homens_mulheres_12.pdf [consultado em 30 de junho 2015].

Connell, Raewyn. 1995. Masculinities. Cambridge: Polity Press.

Connell, Raewyn. 2002. Gender. Cambridge: Polity Press.

34 references, page 1 of 3
Powered by OpenAIRE Research Graph
Any information missing or wrong?Report an Issue