Tríplice fronteira Brasil, Peru e Colômbia e as implicações com o narcotráfico

Article Portuguese OPEN
Dias Balieiro, Luiz Felipe de Vasconcelos ; Nascimento, Izaura Rodrigues (2015)
  • Publisher: Universidade Federal de Roraima
  • Journal: Textos e Debates (issn: 2317-1448)
  • Related identifiers: doi: 10.18227/2217-1448ted.v2i26.2789
  • Subject: Narcotráfico; Tríplice fronteira amazônica; Segurança Pública. | Ciências Sociais

Na região do Alto Solimões, extremo oeste do Amazonas, localiza-se a chamada Tríplice Fronteira Amazônica, formada pelas cidades de Tabatinga/Brasil, Santa Rosa/Peru e Letícia/Colômbia. Esta zona fronteiriça é identificada como uma das portas de entrada dos entorpecentes oriundos das zonas produtoras do Peru e Colômbia no território brasileiro. Este artigo objetiva promover a análise das características do narcotráfico na tríplice fronteira amazônica, com uma breve exposição do seu processo de formação histórica, dinâmica da atividade cocaleira e do narcotráfico nesses países vizinhos, além de expor o potencial de produção de cocaína, zonas de cultivo, e logística empregada pelos grupos envolvidos com o tráfico de cocaína destas localidades para o território brasileiro.