Turnover no Varejo: Estudo em uma Rede Supermercadista em Belo Horizonte - MG

Article English OPEN
Leandro Souza de Pinho ; Ester Eliane Jeunon ; Leonora da Cunha Duarte (2016)
  • Publisher: Fundação Instituto de Administração
  • Journal: Future Studies Research Journal: Trends and Strategies (issn: 2175-5825)
  • Related identifiers: doi: 10.7444/future.v8i2.272
  • Subject: HF5001-6182 | Business | Recursos Humanos | HF1-6182 | Varejo | Commerce | Varejo; Turnover; Recursos Humanos | Turnover

Este relato apresenta resultados de um estudo de caso sobre a configuração do turnover e seu gerenciamento na Organização Verdemar, empreendimento atuante no varejo alimentício em Belo Horizonte (MG). O objetivo foi identificar os motivos de desligamento na organização e as políticas para seu gerenciamento. Para tanto, realizou-se pesquisa descritiva, com abordagem quantitativa e qualitativa, tendo como método a pesquisa documental (dados do turnover da organização) e de campo (entrevistas a especialistas de RH e líderes da organização, bem como questionários aplicados a amostra de 253 funcionários). O trabalho nos finais de semanas, o expediente característico da atividade e os excessos de faltas e atestados foram os motivos mais representativos para o desligamento. As principais práticas de gerenciamento do turnover levantadas foram a melhoria dos critérios de seleção e o treinamento dos profissionais. Verificou-se que organização possui percentuais de turnover abaixo da média nacional do segmento, justificado pela avaliação positiva dos funcionários a respeito das políticas de RH instituídas. Conclui-se que o investimento nas políticas e práticas de recursos humanos gera resultados tangíveis para o negócio.
  • References (14)
    14 references, page 1 of 2

    Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos. (2015). Os números da rotatividade no Brasil: um olhar sobre os dados da Rais 2002-2013. Retrieved December 20, 2015, from http://tinyurl.com/DIEESE-ROTATIVIDADE

    Dutra, J. S. (2011). Gestão de pessoas: modelo, processo, tendências e perspectivas. São Paulo, Atlas.

    Hair Jr, J. F., Babin, B., Money, A. H., & Samouel, P. (2005). Fundamentos de métodos de pesquisa em administração. Porto Alegre, Bookman.

    Kavoo-Linge, T., & Kamoche, M. W. (2015). Talent Management Approaches for Restructuring: a case of non-governmental organizations in Kenya. International Journal of Business and Social Science, 6(5), 47-53.

    Lacombe, B. M. B., & Albuquerque, L. G. (2008). Avaliação e mensuração de resultados em gestão de pessoas: um estudo com as maiores empresas instaladas no Brasil. Revista de Administração, 43(1), 5-16.

    Lefèvre, F., Lefèvre, A. M. C., & Teixeira, J. J. V. (2000). O discurso do sujeito coletivo: uma nova abordagem metodológica em pesquisa qualitativa. Caxias do Sul: EDUCS.

    Marras, J. P. (2000). Administração de recursos humanos: do operacional ao estratégico. (3. ed.). São Paulo, Futura.

    Menicucci, C. M. B. de F., & Jeunon, E. E. (2008). O turnover na hotelaria econômica. ANPTUR - Seminário da Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-graduação em Turismo em Belo Horizonte.

    Mobley, W. H. (1992). Turnover: causas, consequências e controle. Porto Alegre: Ortiz.

    Morrell K., Loan-Clarke, J., & Wilkinson, A. (2001). Unweaving leaving: the use of models in the management of employee turnover. International Journal of Management Reviews, 3(3), 219-244.

  • Metrics
    No metrics available
Share - Bookmark