Uma metodologia para diagnóstico de clima organizacional: integrando motivos sociais e cultura brasileira com fatores do ambiente de trabalho do Poder Judiciário

Article Portuguese OPEN
Villardi,Beatriz Quiroz ; Ferraz,Viviane Narducci ; Dubeux,Veranise Jacubowski Correia (2011)
  • Publisher: Fundação Getulio Vargas
  • Journal: (issn: 0034-7612)
  • Related identifiers: doi: 10.1590/S0034-76122011000200002
  • Subject: Political institutions and public administration (General) | gestão de pessoas com subjetividade no setor público | ferramentas quantitativas e qualitativas para coleta de dados | JF20-2112 | diagnóstico de clima organizacional | traços culturais brasileiros | motivos sociais e fatores do clima organizacional

Neste artigo examinam-se a concepção e a elaboração de uma metodologia para realização de diagnóstico de clima organizacional (DCO) com uma ferramenta quantitativa que considera as especificidades do Poder Judiciário. Para tal identificaram-se em um Tribunal Regional de Justiça sete fatores de clima organizacional e três traços culturais. Nesta pesquisa exploratória os dados foram gerados por meio de pesquisa bibliográfica, documental, observação direta e entrevistas em profundidade que, interpretados qualitativamente, revelaram três traços culturais inter-relacionados: o autoritarismo, a centralização e o pessoalismo mediando três motivos sociais e sete fatores de clima organizacional. Os resultados do projeto-piloto indicaram que os motivos sociais de realização dos serventuários merecem maior atenção dos seus gestores que os de afiliação e de poder. Embora tivesse sido proposta uma ferramenta de análise quantitativa para minimizar a subjetividade no processo de DCO, percebeu-se que esta permeia a percepção dos gestores mediada por seus traços culturais, explicitando indissociabilidade entre objetividade-subjetividade da gestão de pessoas nessa organização. Por fim, apontam-se recomendações para a implantação da ferramenta DCO considerando suas especificidades.