Custo de produção de goiabas para mesa produzidas com e sem ensacamento: estudo de caso

Article Portuguese OPEN
Tokairin,Tatiane de Oliveira ; Cappello,Fernando Perez ; Spósito,Marcel Bellato (2014)
  • Publisher: Sociedade Brasileira de Fruticultura
  • Journal: (issn: 1806-9967)
  • Related identifiers: doi: 10.1590/0100-2945-347/13
  • Subject: Psidium guajava | Plant culture | SB1-1110 | custo de ensacamento | ensacamento de frutos

O ensacamento de goiabas para mesa tem por finalidade proteger os frutos contra o ataque de pragas, reduzir a aplicações e os níveis de resíduo de agroquímicos. O objetivo deste trabalho foi avaliar a sustentabilidade econômica da produção de goiabas, por meio da comparação do custo de produção entre os sistemas de cultivo com e sem ensacamento dos frutos. Foi realizado um estudo de caso com dados obtidos de uma propriedade comercial de goiabas para mesa no município de Valinhos - SP. O custo de produção foi calculado do Custo Total (CT), composto pelo Custo Operacional (CO) e o Custo Anual de Recuperação do Patrimônio (CARP). Para este estudo de caso, o Custo Total de produção de goiaba ensacada foi de R$ 72.208,39 ha-1, e o da goiaba não ensacada R$ 66.467,30 ha-1. Verificou-se, que para manter a Receita Líquida Total obtida pelo produtor, o preço médio de venda deveria passar de R$ 1,85 kg-1 para, no mínimo, R$ 1,96 kg -1 quando os frutos receberem ensacamento. Ambos os sistemas de produção apresentam-se sustentáveis economicamente.