Desenvolvimento, Viabilidade e Mortalidade de Imaturos de Aedes (Stegomyia) aegypti Linnaeus, em Água de Duas Espécies de Bromélias: Estudo Bibliográfico e Experimental

Article Portuguese OPEN
Guimarães, Maria das Graças Avila; Universidade Severino Sombra ; Serdeiro, Michele Teixeira; Universidade Severino Sombra ; Oliveira, Alexandre de Araujo; Universidade Severino Sombra ; Maleck, Marise; Universidade Severino Sombra (2015)
  • Publisher: Entomologistas do Brasil
  • Journal: (issn: 1983-0572)
  • Related identifiers: doi: 10.12741/ebrasilis.v8i3.515
  • Subject: Aechmea fasciata; Fitotelmata; Microfauna; Mosquito; Neoregelia compacta; Mosquito; Phytotelmate | Phytotelmate | QL1-991 | Fitotelmata | Aechmea fasciata | Neoregelia compacta | Zoology | Microfauna | Mosquito

Resumo. Criadouros naturais de Aedes aegypti Linnaeus podem ser encontrados em bromélias e outros vegetais que apresentem estrutura capaz de armazenar a água. A produtividade dos criadouros está ligada ao volume e à capacidade de manutenção de água, à oferta de nutrientes e à densidade larval e ao número de folhas do vegetal. Há controvérsias entre os pesquisadores sobre o encontro de formas imaturas de Ae. aegypti na água dos reservatórios de bromélias. Este estudo dedicou-se à observação da eclosão de ovos e do desenvolvimento de Ae. aegypti em água de tanques de bromélia Aechmea fasciata (Lindley) Baker eNeoregelia compacta (Mez) L.B. Smith. Para cada uma das espécies de bromélias três tipos de grupos foram utilizados: dois grupos controles, um contendo água de rega e outro grupo com água dos reservatórios das bromélias sem a presença da microfauna; e o grupo teste, contendo água dos tanques com a presença da microfauna. Os resultados dos experimentos em água de A. fasciata em presença da microfauna apresentaram 45% de mortalidade larval; em água de N. compacta, em presença da microfauna, apresentou inibição de 100% de eclosão de ovos de Ae. aegypti. Há necessidade de informar e educar a população sobre o cultivo de bromélias, sobre a fauna fitotelmata competidora e predadora nos reservatórios e sobre a interação entre aquele ambiente e as larvas do Ae. aegypti. Development, Availability and Mortality of Immature Aedes(Stegomyia) aegypti, Linnaeus, in Water of Two Species of Bromeliads: Bibliographic and Experimental Study Abstract. Natural breeding of Aedes aegypti Linnaeus can be found in bromeliads and other plants that have a structure capable of storing water. The productivity of the breeding is linked to the volume and the maintenance of the water content, the nutrients supply, the larval density and the number of leaves of the plant. Researchers do not reach an agreement about the development of immature forms of Ae. aegypti in bromeliads water reservoirs. The study focused on the observation of the eggs hatching and development of Ae. aegypti in bromeliads Aechmea fasciata (Lindley) Bakerand Neoregelia compacta (Mez) L.B. Smith water tanks. For each bromeliad specie three groups were used: two control groups, one containing irrigated water and another containing bromeliads reservoirs water without microfauna presence; and test group, containing bromeliads reservoirs water with the microfauna presence. The A. fasciata water with microfauna showed 45% of larval mortality. The N. compact water with microfauna presented 100% of Ae. aegypti eggs hatching inhibition. It is necessary to inform and educate people about bromeliads growing, the competitive predator phytotelmate fauna in theirs water reservoirs and the interaction between this environment and the larvae of Ae. aegypti.
Share - Bookmark