BENEFÍCIOS AMBIENTAIS E ECONOMICOS PROVENIENTES DA IMPLEMENTAÇÃO DA PRODUÇÃO MAIS LIMPA EM UMA INDÚSTRIA DE MÓVEIS DE MUNICIPIO DE NATAL-RN

Article Portuguese OPEN
Leite, Pedro Paulo Silva ; Pimenta, Handson Cláudio Dias (2011)
  • Publisher: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte
  • Journal: (issn: 1807-1600)
  • Related identifiers: doi: 10.15628/holos.2011.581
  • Subject: A | Engenharia Ambiental | General Works

O presente trabalho teve como objetivo geral analisar os benefícios ambientais e econômicos obtidos através da implementação da Produção mais Limpa (P+L) em uma indústria de móveis localizada em Natal-RN. Trata-se de um estudo de caso que contou com uma revisão bibliográfica sobre o setor e a P+L e uma pesquisa de campo que contemplou as seguintes etapas: diagnóstico ambiental e operacional da empresa (estudo de arranjo físico, levantamento de métodos, fluxograma especifico do processo produtivo, levantamento de aspectos e impactos); levantamento de desperdícios; estudo de oportunidades de melhorias; implementação e monitoramento. Os resultados do diagnostico mostram desperdícios representativos de insumos (MDF, cola, lixa, etc), além da desorganização do espaço físico da empresa, insalubridade do galpão de produção. Assim, foram implementadas algumas medidas de otimização do uso de MDF, cola, lixa, além da implementação de um sistema de coleta de serragem e sistematização da produção, além do reaproveitamento de aparas de MDF para fabricação de chapas recicladas. Nesse contexto, as oportunidades de melhoria ambiental contemplaram os níveis 1 (redução na fonte) e nível 2 (reciclagem interna) acarretando na otimização do uso de recursos e a diminuição da poluição gerada, trazendo um alavancar uma receita anual para empresa aproximadamente em R$ 3.600 a partir de um investimento de R$ 4311, tendo um período de retorno não superior à 2 anos em cada estudo. Por fim, verifica-se que com a implementação das atividades vislumbradas é possível alcançar uma economia significativa nos gastos da empresa além dos benefícios operacionais como melhoria do ambiente de trabalho e mudanças benéficas no quesito meio ambiente através da diminuição do consumo de matéria prima e da geração de resíduos.