Fatores de risco para pré-eclâmpsia

Master thesis Portuguese OPEN
Moura da Silva, Genivaldo (2009)
  • Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
  • Subject: Pré-eclampsia | Doença periodontal | Fatores de risco

A pré-eclâmpsia é uma doença específica da gravidez, de etiologia multifatorial, que acomete 5 a 10% das gestantes, cujos efeitos e complicações são a maior causa de morbimortalidade materno-infantil. A identificação de fatores de riscos é importante para a compreensão da patogênese, estabelecimento de estratégias de prevenção e controle da préeclâmpsia. Recentemente estudos clínicos e laboratoriais apontam para a hipótese de associação entre a periodontite materna e pré-eclâmpsia, como parte do esforço para o conhecimento da complexidade desta doença. Objetivos: Verificar se a periodontite é um fator de risco para a ocorrência de pré-eclâmpsia e identificar outros possíveis fatores de risco. Métodos: Estudo do tipo caso-controle em 574 mulheres assistidas na maternidade do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco. Foram coletados dados biológicos, sócioeconômicos, intercorrência e assistência médica-odontológica durante o pré-natal, tabagismo e parâmetros periodontais. A pré-eclâmpsia foi definida de acordo com o critério da Sociedade Internacional para Estudo da Hipertensão na Gravidez e para a definição de periodontite foi adotado o critério diagnóstico de López. Os fatores de confusão foram controlados e odds ratio ajustado com as variáveis socioeconômicas, usando-se análise multivariada de regressão logística. Para a revisão bibliográfica foram utilizados artigos específicos sobre o tema. Resultados: As mulheres com periodontite tiveram nove vezes mais chance de ter pré-eclâmpsia do que àquelas com o periodonto saudável. Após o ajuste, a periodontite materna permaneceu como variável independente associada à pré-eclâmpsia. A pré-eclâmpsia mostrou-se associada a fatores biológicos, socioeconômicos e de assistência médico-odontológica. Conclusão: A pré-eclâmpsia é uma doença de etiologia multifatorial, associada a fatores socioeconômicos, biológicos e de assistência médico-odontológica, dentre os quais a infecção crônica, como a periodontite materna
Share - Bookmark