Seção de Arquivo Histórico da Universidade Federal do Rio Grande do Sul: preservação e socialização da memória institucional

Article Portuguese OPEN
Vargas, Lisandra Rosa de ; Valenti, Carmen Lucia Borges Teixeira ; Goulart, Medianeira Aparecida Pereira (2015)
  • Publisher: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
  • Journal: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas (issn: ad______)
  • Subject: Arquivo Histórico, Difusão, Memória Institucional, Patrimônio Documental, Patrimônio Histórico, UFRGS.

A trajetória da UFRGS começou muito antes de sua existência como instituição federal de ensino superior. Ela surgiu com a fundação da Escola de Farmácia e Química, em 1895 e, em seguida, da Escola de Engenharia, em 1896. Em 1934, foi criada a Universidade de Porto Alegre. Após algumas alterações estruturais e nominais, a UFRGS foi federalizada em 1950, passando a chamar-se Universidade Federal do Rio Grande do Sul. A Divisão de Documentação, através da Seção de Arquivo Central, é responsável pela operacionalização das políticas de arquivo, nesse sentido, a gestão documental insere-se nesse contexto, bem como a proposta de criação da Seção de Arquivo Histórico da UFRGS. Nesse projeto serão estudadas as experiências de outras Instituições Federais de Ensino Superior do país – Universidade de Brasília (UnB), Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e a Universidade Federal de Goiás (UFG). Esta ação justifica-se, na medida em que é através da implementação da gestão documental na Universidade, integrada às atividades de preservação e conservação de documentos, que se pretende resgatar a memória das atividades do serviço público através da socialização desses registros que testemunham decisões administrativas e fatos históricos do ensino superior no Rio Grande do Sul e no país. Portanto, preservar esses registros é preservar a memória institucional da Universidade e assegurar o direito à informação, ao desenvolvimento social e a pesquisa científica.  Além disso, este estudo propiciará o desenvolvimento e o enriquecimento profissional e intelectual dos profissionais envolvidos, através dos novos conhecimentos adquiridos, possibilitando a transformação de práticas e procedimentos, tornando-os mais condizentes com a proteção à memória e salvaguarda dos documentos. Os objetivos do projeto são: analisar os processos de criação de arquivos históricos de Universidades Federais do país; identificar as séries de guarda permanente, ou seja, históricas, do Arquivo Central da UFRGS. A metodologia que será utilizada é a pesquisa documental, em fontes primárias, e a bibliográfica, em livros e artigos científicos das áreas de arquivologia, memória e patrimônio documental. As fases do projeto consistem em: levantamento das Universidades Federais que possuem arquivos históricos em sua estrutura, implantados ou em fase de implantação; realização de pesquisa bibliográfica que norteará este projeto; análise das informações coletadas com os levantamentos nas Universidades Federais; consolidação das informações e implantação do projeto.  
Share - Bookmark