As editoras e o seu património: preservar, disponibilizar e divulgar como medidas urgentes

Article Portuguese OPEN
Melo, Daniel ; Fonseca, João Corregedor da ; Ribeiro, José Antunes ; Pereira, José Pacheco ; Alvim, João (2012)
  • Publisher: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
  • Journal: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas (issn: ad______)
  • Subject: valor social; edição; arquivo; preservação; acesso; divulgação; política arquivística; memória colectiva; política cultural; investigação; história oral; fontes primárias; património

O presente painel reúne representantes do mundo da edição e da cultura em Portugal para se pensar como preservar e divulgar a memória e o património (arquivístico, documental, artístico, etc.) das editoras. São eles Daniel Melo (coordenador, CHC-UNL), João Corregedor da Fonseca (editora e revista Seara Nova), José Antunes Ribeiro (editor-livreiro, Livrarte e Ulmeiro) e José Pacheco Pereira (coleccionador, bibliófilo e divulgador de documentação sobre a contemporaneidade; ISCTE/IUL).Propomos dois desafios aos oradores deste painel:1) entre os meios que consideram mais eficientes para a salvaguarda, tratamento e disponibilização dos arquivos, quais abraçaram ou estão dispostos a abraçar (por ex., tratamento arquivístico, a título particular ou em cooperação; produção de exposições temporárias; criação dum Museu da Edição, para preservação de espólios e produção de mostras e catálogos; divulgação de documentos ou textos evocativos da acção editorial na internet, em espaços próprios ou cooperantes; concessão de entrevistas a estudiosos);2) debater modalidades de cooperação institucional entre editores, Estado central, autarquias, associações profissionais, universidades, fundações, mecenas privados e outros, com vista à preservação, tratamento e acessibilidade dos arquivos das editoras, para fins de estudo (científico ou outro) e divulgação cultural (exposições, catálogos, informação na internet), independentemente do arquivo continuar na posse da entidade produtora (ou de herdeiros particulares) ou passar para a guarda dum serviço de arquivo (estatal, de instituições de utilidade pública ou de beneméritos).
Share - Bookmark