Advanced search in
Research products
arrow_drop_down
Searching FieldsTerms
Any field
arrow_drop_down
includes
arrow_drop_down
Include:
1,239 Research products, page 1 of 124

  • Publications
  • Research software
  • Other research products
  • Open Access
  • PAHO COVID19
  • COVID-19

10
arrow_drop_down
Relevance
arrow_drop_down
  • Open Access
    Authors: 
    Allen, Claire;

    O que é isto? A chegada de um novo vírus respiratório, como o COVID-19, é sucedida por um tempo de desenvolvimento de vacinas e tratamentos, e estes podem ter um efeito limitado na contenção ou interrupção da propagação do vírus. Portanto, identificar e garantir boas práticas, por exemplo, na higiene das mãos é importante para interromper ou reduzir a sua propagação. Nesta revisão sistemática Cochrane, os autores procuraram estudos de eficácia comparativa (ensaios aleatórios e não aleatórios, comparações de resultados antes e depois do estudo, análises de séries temporais interrompidas) de intervenções para melhorar a conformidade dos profissionais de saúde com as práticas de higiene das mãos. Não restringiram por idioma de publicação e realizaram as suas investigações mais recentes em outubro de 2016, identificando 26 estudos elegíveis. O que funciona bem: intervenções multimodais utilizando algumas ou todas as estratégias recomendadas pela OMS (gel para as mãos à base de álcool no momento do atendimento ou levado por um profissional de saúde, formação e educação, observação e feedback sobre o desempenho, avisos (ex. cartazes) e apoio administrativo) podem melhorar ligeiramente o respeito pela higiene das mãos e, em alguns casos, as taxas de infeção.

  • Open Access English

    Introduction: Conflict-induced displacement makes affected populations more vulnerable to HIV transmission. However, this vulnerability does not always necessarily translate into more HIV infections. The extent to which conflict and displacement affect HIV transmission depends upon numerouscompeting and interacting factors such as loss of livelihoods; availability of education; the type and the length of conflict; the living arrangements and conditions of internally displaced persons (IDPs), whether formal or informal settlement; the context of their new location; and access to health services, including HIV and sexual and reproductive health programs. These factors also have direct implications for HIV vulnerability. Vulnerability results from individual and societal factors that affect adversely one’s ability to exert control over one’s own health. The factors pertaining to the quality of coverage of services and programs also influence HIV vulnerability. The characteristics of the HIV epidemic, the prevalence in the local populations, the interactions with armed forces, the occurrence of sexual violence and the risk behaviours associated with the new situations conditions of IDPs directly affect the risk of HIV transmission. HIV risk is defined as the probability that a person may acquire HIV infection by, for example, unprotected sex with partners or injecting drug use with shared needles and syringes...

  • Other research product . 2020
    Open Access

    Sitio web ministerial que incluye una infografía con recomendaciones para viajeros antes de realizar el viaje, durante el viaje y la estadía y después del viaje a un país donde circula el virus.

  • Open Access
    Authors: 
    Gouvernement du Canada;
  • Open Access
    Authors: 
    Gouvernement du Canada;
  • Open Access

    Apresentação: O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referentes ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática.

  • Open Access
    Authors: 
    Pan American Health Organization;

    On 21 January 2020, the first case of COVID-19 imported into the region of the Americas was identified in the United States of America in the state of Washington. A few days later, on 25 January, Canada reported their first confirmed case of novel coronavirus COVID-19 in Toronto, Ontario Province. Since then and to date, there have been twenty-two (22) confirmed cases of novel coronavirus in the Region of the Americas – fifteen (15) in the United States of America and seven (7) in Canada. The 15 cases in the United States of America were reported from six (6) states – Arizona, California, Illinois, Massachusetts, Texas and Washington between 21 January and 13 February 2020. Of the total cases, thirteen (13) had a history of travel to China and two (2) were among close house-hold contacts of previously confirmed cases. The latest two cases with travel history to China were among federally quarantined individuals in the states of Texas and California. In Canada, the seven (7) confirmed cases were reported from two (2) provinces – Ontario (3) and British Colombia (4). Of 7 cases, six had a travel history to China and one is currently under investigation regarding the site of transmission. Canada is the second country within the Region to report a confirmed case (following USA).

  • Open Access
    Authors: 
    Organização Pan-Americana da Saúde;

    A vigilância ambiental através da testagem de águas residuais em busca de evidências de patógenos tem uma longa história de uso em saúde pública, especialmente para o poliovírus e, mais recentemente, com a resistência a antimicrobianos (AMR). No contexto da atual pandemia da doença causada pelo novo coronavírus (COVID-19), ela está sendo utilizada para a detecção do SARS-CoV-2 excretado em águas residuais a partir do sistema gastrointestinal superior e do sistema respiratório superior e através das fezes. A detecção de fragmentos de RNA não infectantes do SARS-CoV-2 em águas residuais não tratadas e/ou lodo tem sido relatada em vários locais, como em Milão, na Itália; Murcia, na Espanha; Brisbane, na Austrália; vários lugares na Holanda; New Haven, em Connecticut e leste de Massachusetts, nos Estados Unidos; Paris, França; e em locais onde já era feita a vigilância para o poliovírus no Paquistão. Pesquisadores na Holanda, França e Estados Unidos demonstraram uma correlação entre as concentrações de RNA do SARS-CoV-2 em águas residuais e relatos de casos clínicos de COVID-19, sugerindo que as concentrações de RNA poderiam dar um aviso prévio de quatro a sete dias antes dos dados de confirmação de COVID-19. Além disso, há esforços em andamento para analisar amostras históricas de águas residuais para buscar evidências de circulação do SARS-CoV-2 no passado. A maioria dessas detecções ocorreu no contexto de estudos de pesquisa. No entanto, ao menos um país, a Holanda, planeja incorporar a vigilância diária do esgoto em seu monitoramento nacional para COVID-19.Uma abordagem semelhante ao uso da vigilância ambiental como parte do pacote de vigilância rotineira do COVID-19 está sendo estudada na Alemanha12 e foi iniciada na Austrália e na Nova Zelândia. A maioria dos estudos publicados até o momento sobre o uso da vigilância ambiental para o SARS-CoV-2 foi em locais com muitos recursos. No entanto, são necessárias abordagens que possam ser aplicadas em locais com poucos recursos, onde uma maior proporção da população não está ligada à rede de esgoto e usa latrinas ou fossas sépticas. As possibilidades incluem testar águas superficiais contaminadas com esgoto... https://iris.paho.org/handle/10665.2/52635

  • Open Access English

    The government of Antigua and Barbuda has declared a State of Emergency in an effort to curb the spread of the Coronavirus – COVID 19 • A 24 Hour curfew has been enacted from Thursday 9th April – 6:00 a.m. to 6 a.m. April 16, 2020 • There will be no movement during the day by non-essential workers except for food and emergency supplies. Private vehicles are limited to two occupants • Essential workers and others should continue to practice social distancing of six feet between persons • No business activity or service not listed in the Schedule to the Essential Services Act, 2008 shall be permitted to open or operate on Friday 10th April, 2020 (Good Friday), Sunday 12th April, 2020 (Easter Sunday) and Monday 13th April, 2020 (Easter Monday). • Persons are confined to their places of residence during the 24-Hour curfew hours...

  • Open Access
    Authors: 
    Fonseca, Lucia Helena Bueno da;

    The original source of this document may be restricted, which can prevent outside readers to have access to it. Also, it may be no longer available. In case of need, users need to use other resources to recover this information.

Advanced search in
Research products
arrow_drop_down
Searching FieldsTerms
Any field
arrow_drop_down
includes
arrow_drop_down
Include:
1,239 Research products, page 1 of 124
  • Open Access
    Authors: 
    Allen, Claire;

    O que é isto? A chegada de um novo vírus respiratório, como o COVID-19, é sucedida por um tempo de desenvolvimento de vacinas e tratamentos, e estes podem ter um efeito limitado na contenção ou interrupção da propagação do vírus. Portanto, identificar e garantir boas práticas, por exemplo, na higiene das mãos é importante para interromper ou reduzir a sua propagação. Nesta revisão sistemática Cochrane, os autores procuraram estudos de eficácia comparativa (ensaios aleatórios e não aleatórios, comparações de resultados antes e depois do estudo, análises de séries temporais interrompidas) de intervenções para melhorar a conformidade dos profissionais de saúde com as práticas de higiene das mãos. Não restringiram por idioma de publicação e realizaram as suas investigações mais recentes em outubro de 2016, identificando 26 estudos elegíveis. O que funciona bem: intervenções multimodais utilizando algumas ou todas as estratégias recomendadas pela OMS (gel para as mãos à base de álcool no momento do atendimento ou levado por um profissional de saúde, formação e educação, observação e feedback sobre o desempenho, avisos (ex. cartazes) e apoio administrativo) podem melhorar ligeiramente o respeito pela higiene das mãos e, em alguns casos, as taxas de infeção.

  • Open Access English

    Introduction: Conflict-induced displacement makes affected populations more vulnerable to HIV transmission. However, this vulnerability does not always necessarily translate into more HIV infections. The extent to which conflict and displacement affect HIV transmission depends upon numerouscompeting and interacting factors such as loss of livelihoods; availability of education; the type and the length of conflict; the living arrangements and conditions of internally displaced persons (IDPs), whether formal or informal settlement; the context of their new location; and access to health services, including HIV and sexual and reproductive health programs. These factors also have direct implications for HIV vulnerability. Vulnerability results from individual and societal factors that affect adversely one’s ability to exert control over one’s own health. The factors pertaining to the quality of coverage of services and programs also influence HIV vulnerability. The characteristics of the HIV epidemic, the prevalence in the local populations, the interactions with armed forces, the occurrence of sexual violence and the risk behaviours associated with the new situations conditions of IDPs directly affect the risk of HIV transmission. HIV risk is defined as the probability that a person may acquire HIV infection by, for example, unprotected sex with partners or injecting drug use with shared needles and syringes...

  • Other research product . 2020
    Open Access

    Sitio web ministerial que incluye una infografía con recomendaciones para viajeros antes de realizar el viaje, durante el viaje y la estadía y después del viaje a un país donde circula el virus.

  • Open Access
    Authors: 
    Gouvernement du Canada;
  • Open Access
    Authors: 
    Gouvernement du Canada;
  • Open Access

    Apresentação: O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referentes ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática.

  • Open Access
    Authors: 
    Pan American Health Organization;

    On 21 January 2020, the first case of COVID-19 imported into the region of the Americas was identified in the United States of America in the state of Washington. A few days later, on 25 January, Canada reported their first confirmed case of novel coronavirus COVID-19 in Toronto, Ontario Province. Since then and to date, there have been twenty-two (22) confirmed cases of novel coronavirus in the Region of the Americas – fifteen (15) in the United States of America and seven (7) in Canada. The 15 cases in the United States of America were reported from six (6) states – Arizona, California, Illinois, Massachusetts, Texas and Washington between 21 January and 13 February 2020. Of the total cases, thirteen (13) had a history of travel to China and two (2) were among close house-hold contacts of previously confirmed cases. The latest two cases with travel history to China were among federally quarantined individuals in the states of Texas and California. In Canada, the seven (7) confirmed cases were reported from two (2) provinces – Ontario (3) and British Colombia (4). Of 7 cases, six had a travel history to China and one is currently under investigation regarding the site of transmission. Canada is the second country within the Region to report a confirmed case (following USA).

  • Open Access
    Authors: 
    Organização Pan-Americana da Saúde;

    A vigilância ambiental através da testagem de águas residuais em busca de evidências de patógenos tem uma longa história de uso em saúde pública, especialmente para o poliovírus e, mais recentemente, com a resistência a antimicrobianos (AMR). No contexto da atual pandemia da doença causada pelo novo coronavírus (COVID-19), ela está sendo utilizada para a detecção do SARS-CoV-2 excretado em águas residuais a partir do sistema gastrointestinal superior e do sistema respiratório superior e através das fezes. A detecção de fragmentos de RNA não infectantes do SARS-CoV-2 em águas residuais não tratadas e/ou lodo tem sido relatada em vários locais, como em Milão, na Itália; Murcia, na Espanha; Brisbane, na Austrália; vários lugares na Holanda; New Haven, em Connecticut e leste de Massachusetts, nos Estados Unidos; Paris, França; e em locais onde já era feita a vigilância para o poliovírus no Paquistão. Pesquisadores na Holanda, França e Estados Unidos demonstraram uma correlação entre as concentrações de RNA do SARS-CoV-2 em águas residuais e relatos de casos clínicos de COVID-19, sugerindo que as concentrações de RNA poderiam dar um aviso prévio de quatro a sete dias antes dos dados de confirmação de COVID-19. Além disso, há esforços em andamento para analisar amostras históricas de águas residuais para buscar evidências de circulação do SARS-CoV-2 no passado. A maioria dessas detecções ocorreu no contexto de estudos de pesquisa. No entanto, ao menos um país, a Holanda, planeja incorporar a vigilância diária do esgoto em seu monitoramento nacional para COVID-19.Uma abordagem semelhante ao uso da vigilância ambiental como parte do pacote de vigilância rotineira do COVID-19 está sendo estudada na Alemanha12 e foi iniciada na Austrália e na Nova Zelândia. A maioria dos estudos publicados até o momento sobre o uso da vigilância ambiental para o SARS-CoV-2 foi em locais com muitos recursos. No entanto, são necessárias abordagens que possam ser aplicadas em locais com poucos recursos, onde uma maior proporção da população não está ligada à rede de esgoto e usa latrinas ou fossas sépticas. As possibilidades incluem testar águas superficiais contaminadas com esgoto... https://iris.paho.org/handle/10665.2/52635

  • Open Access English

    The government of Antigua and Barbuda has declared a State of Emergency in an effort to curb the spread of the Coronavirus – COVID 19 • A 24 Hour curfew has been enacted from Thursday 9th April – 6:00 a.m. to 6 a.m. April 16, 2020 • There will be no movement during the day by non-essential workers except for food and emergency supplies. Private vehicles are limited to two occupants • Essential workers and others should continue to practice social distancing of six feet between persons • No business activity or service not listed in the Schedule to the Essential Services Act, 2008 shall be permitted to open or operate on Friday 10th April, 2020 (Good Friday), Sunday 12th April, 2020 (Easter Sunday) and Monday 13th April, 2020 (Easter Monday). • Persons are confined to their places of residence during the 24-Hour curfew hours...

  • Open Access
    Authors: 
    Fonseca, Lucia Helena Bueno da;

    The original source of this document may be restricted, which can prevent outside readers to have access to it. Also, it may be no longer available. In case of need, users need to use other resources to recover this information.

Send a message
How can we help?
We usually respond in a few hours.