Advanced search in
Research products
arrow_drop_down
Searching FieldsTerms
Any field
arrow_drop_down
includes
arrow_drop_down
Include:
5 Research products, page 1 of 1

  • Publications
  • Other research products
  • 2013-2022
  • BE
  • Portuguese
  • COVID-19

Date (most recent)
arrow_drop_down
  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    Manuelina Maria Duarte Cândido; Bárbara Freire Ribeiro Rocha;
    Publisher: Universidade Federal do Mato Grosso (BR)
    Country: Belgium

    The Iny Karajá are an indigenous people living on the banks of the Araguaia River, whose women have the way of making ceramic dolls called ritxoko. This article aims to present some of the first results of the Presença Karajá research project: material culture, fabric and colonial transits (stage 1, 2017-2020), and some of the conjunctural and epistemological issues that led to the Indigenous Health Action Iny Karajá during the COVID-19 pandemic. Presença Karajá: material culture, weft and colonial transits

  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    Duarte Cândido, Manuelina Maria;
    Publisher: Paco Editorial (BR)
    Country: Belgium

    Les sens, les temps et les destins des choses

  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    Guedes, Fábio Botelho; Gaspar, Susana; Cerqueira, Ana; Gaspar, Tânia; Tomé, Gina; Branquinho, Cátia; Calado, Pedro; Marques, Emilia; Derluyn, Ilse; Verelst, An; +2 more
    Country: Belgium
  • Publication . Other literature type . 2020
    Open Access Portuguese
    Authors: 
    Esposito, Giovanni; Crutzen, Nathalie;
    Country: Belgium
  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    Débora da Silva Noal; Carlos Machado de Freitas; Maria Fabiana Damásio Passos; Fernanda Serpeloni; Bernardo Dolabella Melo; Michele Rocha de Araújo El Kadri; Daphne Rodrigues Pereira; Michele Souza e Souza; Nicolly Papacidero Magrin; Juliana Fernandes Kabad; +3 more
    Publisher: Centro Brasileiro de Estudos de Saúde

    RESUMO Em março/2020, a Organização Mundial da Saúde emitiu a declaração de pandemia, em decorrência da disseminação do vírus SARS-CoV-2, disparando o alerta mundial sobre a necessidade de rápida expansão da capacidade de vigilância, prevenção e implementação das estruturas de assistência dos sistemas de saúde dos países. No dia seguinte à declaração do Ministério da Saúde que reconheceu a transmissão comunitária no Brasil, um grupo de pesquisadores foi convidado a reunir evidências científicas e melhores práticas de Saúde Mental e Atenção Psicossocial (SMAPS) na Covid-19. Foram selecionados 1.563 artigos que se referiam à saúde mental e/ou atenção psicossocial em contextos de emergências sanitárias. Participaram pesquisadores, docentes e voluntários de 25 instituições reconhecidas pelo notório saber, totalizando um montante de 117 profissionais voluntários. Optou-se por conformar um curso nacional na modalidade de Educação a Distância. Ao todo, 60.780 profissionais ingressaram no curso nos primeiros 30 dias de inscrição. A modelagem on-line, síncrona e assíncrona, possibilitou a formação durante o período de distanciamento social, assim como permitiu que profissionais de todos os estados, e do Distrito Federal, pudessem ter acesso a informações atualizadas e baseadas em pesquisas nacionais e internacionais, buscando garantir o fortalecimento das ações no âmbito das políticas de saúde, e com base nos protocolos internacionais.

Advanced search in
Research products
arrow_drop_down
Searching FieldsTerms
Any field
arrow_drop_down
includes
arrow_drop_down
Include:
5 Research products, page 1 of 1
  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    Manuelina Maria Duarte Cândido; Bárbara Freire Ribeiro Rocha;
    Publisher: Universidade Federal do Mato Grosso (BR)
    Country: Belgium

    The Iny Karajá are an indigenous people living on the banks of the Araguaia River, whose women have the way of making ceramic dolls called ritxoko. This article aims to present some of the first results of the Presença Karajá research project: material culture, fabric and colonial transits (stage 1, 2017-2020), and some of the conjunctural and epistemological issues that led to the Indigenous Health Action Iny Karajá during the COVID-19 pandemic. Presença Karajá: material culture, weft and colonial transits

  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    Duarte Cândido, Manuelina Maria;
    Publisher: Paco Editorial (BR)
    Country: Belgium

    Les sens, les temps et les destins des choses

  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    Guedes, Fábio Botelho; Gaspar, Susana; Cerqueira, Ana; Gaspar, Tânia; Tomé, Gina; Branquinho, Cátia; Calado, Pedro; Marques, Emilia; Derluyn, Ilse; Verelst, An; +2 more
    Country: Belgium
  • Publication . Other literature type . 2020
    Open Access Portuguese
    Authors: 
    Esposito, Giovanni; Crutzen, Nathalie;
    Country: Belgium
  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    Débora da Silva Noal; Carlos Machado de Freitas; Maria Fabiana Damásio Passos; Fernanda Serpeloni; Bernardo Dolabella Melo; Michele Rocha de Araújo El Kadri; Daphne Rodrigues Pereira; Michele Souza e Souza; Nicolly Papacidero Magrin; Juliana Fernandes Kabad; +3 more
    Publisher: Centro Brasileiro de Estudos de Saúde

    RESUMO Em março/2020, a Organização Mundial da Saúde emitiu a declaração de pandemia, em decorrência da disseminação do vírus SARS-CoV-2, disparando o alerta mundial sobre a necessidade de rápida expansão da capacidade de vigilância, prevenção e implementação das estruturas de assistência dos sistemas de saúde dos países. No dia seguinte à declaração do Ministério da Saúde que reconheceu a transmissão comunitária no Brasil, um grupo de pesquisadores foi convidado a reunir evidências científicas e melhores práticas de Saúde Mental e Atenção Psicossocial (SMAPS) na Covid-19. Foram selecionados 1.563 artigos que se referiam à saúde mental e/ou atenção psicossocial em contextos de emergências sanitárias. Participaram pesquisadores, docentes e voluntários de 25 instituições reconhecidas pelo notório saber, totalizando um montante de 117 profissionais voluntários. Optou-se por conformar um curso nacional na modalidade de Educação a Distância. Ao todo, 60.780 profissionais ingressaram no curso nos primeiros 30 dias de inscrição. A modelagem on-line, síncrona e assíncrona, possibilitou a formação durante o período de distanciamento social, assim como permitiu que profissionais de todos os estados, e do Distrito Federal, pudessem ter acesso a informações atualizadas e baseadas em pesquisas nacionais e internacionais, buscando garantir o fortalecimento das ações no âmbito das políticas de saúde, e com base nos protocolos internacionais.

Send a message
How can we help?
We usually respond in a few hours.