Advanced search in
Research products
arrow_drop_down
Searching FieldsTerms
Any field
arrow_drop_down
includes
arrow_drop_down
Include:
218 Research products, page 1 of 22

  • Publications
  • Research software
  • 2013-2022
  • Open Access
  • Contribution for newspaper or weekly magazine
  • Portuguese

10
arrow_drop_down
Date (most recent)
arrow_drop_down
  • Publication . Contribution for newspaper or weekly magazine . 2022
    Open Access Portuguese
    Authors: 
    Godinho, Luísa; Romão, Filipe Vasconcelos; Xavier, Ana Isabel;
    Publisher: OBSERVARE. Universidade Autónoma de Lisboa
    Country: Portugal

    Apresentação do Anuário Janus

  • Publication . Contribution for newspaper or weekly magazine . 2021
    Open Access Portuguese
    Authors: 
    Cláudio Gomes;
    Publisher: Açormédia
    Country: Portugal

    A secção UAciência é coordenada pelo Professor Universitário Armindo Rodrigues. […]. Hoje em dia os cientistas, em particular os Físicos e os Astrónomos, também se indagam sobre o Universo, a sua composição e evolução. Mesmo quando se pensa já conhecer bem o nosso Universo, surgem novos objetos astrofísicos, componentes cosmológicas ou questões ainda mais fundamentais. Um desses desafios da Cosmologia atual é precisamente a natureza intrínseca da matéria escura e da energia escura. Quando se observam as curvas de rotação das galáxias em termos de velocidade como função da distância ao centro, verifica-se que estas são bastante diferentes das curvas que seriam de esperar tendo em conta a matéria visível – curvas do tipo Keplerianas (ver Fig. 1.). O que será responsável por este efeito? […]. info:eu-repo/semantics/publishedVersion

  • Publication . Contribution for newspaper or weekly magazine . 2021
    Open Access Portuguese
    Authors: 
    Baía, Pedro;
    Publisher: CEACT/UAL
    Country: Portugal

    Este dossier resulta de um convite, em jeito de desafio, para selecionar 16 textos de arquitetura para serem publicados na revista EP – Estudo Prévio, no âmbito da celebração da sua edição número 20. A ideia seria publicar, em português e em inglês, uma seleção de textos fundamentais na arquitetura portuguesa das últimas décadas. Um dos desafios que nos pareceu mais interessante, até como critério para nos guiar na complexa escolha de possíveis textos, foi a possibilidade única de traduzir para inglês um conjunto de textos que consideramos fundamentais para uma melhor e mais ampla compreensão internacional da nossa cultura arquitetónica portuguesa da segunda metade do século XX.

  • Publication . Contribution for newspaper or weekly magazine . Other literature type . 2021
    Open Access Portuguese
    Authors: 
    Diogo Marques; Gago, Ana;
    Country: Portugal

    Partindo da exploração do potencial lúdico-pedagógico de processos combinatórios e permutacionais de escrileitura, no presente artigo propomo-nos discutir possíveis aplicações da ciberliteratura no âmbito do desenvolvimento de estratégias de educação ambiental, dentro e fora do campo de ação institucional. Através da análise do poema ciberliterário Árvore (2018), da autoria do investigador e poeta experimental Rui Torres, e da sua relação com práticas artivistas e hacktivistas, a ciberliteratura é colocada em diálogo com problemáticas como a sustentabilidade e a obsolescência tecnológica.Adicionalmente, será feita referência a outros exemplos de criações artístico-literárias (pós-)digitais, com impacto internacional, enquanto partes integrantes de um mesmo ecossistema, como About Trees (2015), da autoria de Katie Holten, DEFOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOREST (2017), da autoria de Joana Moll, e Amazon (2019), de Eugenio Tisselli. De forma a ilustrar a continuidade da Ciberliteratura no contexto alargado das práticas experimentais em Portugal, são ainda convocados alguns dos seus precursores, como Soneto Ecológico (2005), instalação de poesia ambiental, da autoria de Fernando Aguiar. Colocando em diálogo tradição e inovação, escrevem-se (e recombinam-se) vários caminhos de possibilidade a partir de/para a literatura digital, enquanto manifestação artístico-literária e enquanto ferramenta educativa, interventiva e mobilizadora. Taking from the playful-pedagogical potential of combinatorial and permutational processes in wreading (writing-reading), in this article we propose to discuss possible applications of digital literature in the context of the development of environmental education strategies. Through the analysis of cyberliterary poem Árvore (2018), by researcher and experimental poet Rui Torres, and its relationship with artivist and hacktivist practices, digital literature is placed in dialogue with issues such as sustainability and technological obsolescence.In addition, as integral parts of an ecosystem, reference will be made to (post)digital artistic-literary creations with an international impact, such as, About Trees, by (2015), by Katie Holten, DEFOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOREST (2017), by Joana Moll, and Amazon (2019), by Eugenio Tisselli. Also, in order to illustrate the continuity of digital literature in the broader context of experimental practices, we analyse some of its precursors, such as Soneto Ecológico (2005), a public land art installation by Fernando Aguiar.Putting in dialogue tradition and innovation, several paths of possibility from digital literature are written (and recombined), as an artistic-literary manifestation and as an educational, interventional and mobilizing tool.

  • Publication . Contribution for newspaper or weekly magazine . 2021
    Open Access Portuguese
    Authors: 
    Cláudio Gomes;
    Publisher: Açormédia
    Country: Portugal

    A secção UAciência é coordenada pelo Professor Universitário Armindo Rodrigues. No livro de fantasia «Monstros Fantásticos e Onde Encontrá-los» de J. K. Rowling, autora da saga Harry Potter, e subsequentes adaptações cinematográficas, conta-se a história de um magizoologista que estuda criaturas fantásticas e as peripécias que ocorrem quando acidentalmente liberta algumas em Nova Iorque. Na Física também existem uns «monstros» fantásticos que andam por aí e que serão apresentados neste artigo: os solitões! […]. info:eu-repo/semantics/publishedVersion

  • Publication . Contribution for newspaper or weekly magazine . Other literature type . 2021
    Open Access Portuguese
    Authors: 
    Eires, Rute; Jorge Fernandes; Adilson Campos de Paula Junior; Elisabete Teixeira; Mateus, Ricardo;
    Publisher: Associação Portuguesa dos Comerciantes de Materiais de Construção (APCMC)
    Country: Portugal

    Por definição, a palavra ecoeficiência procura combinar eficiência ou eficácia económica e ecológica, no sentido de produzir mais, ao menor preço, com menos recursos, menos resíduos e menos impacto sobre o ambiente [1]. Como tal, verifica-se que a construção em terra poderá cumprir estes pressupostos, dependendo da solução construtiva escolhida e do lugar da obra, nomeadamente em termos de disponibilidade de matéria-prima e do know-how da equipa de construção. Pretende-se neste artigo mencionar de que forma pode a construção em terra ser ecoeficiente.

  • Publication . Contribution for newspaper or weekly magazine . 2021
    Open Access Portuguese
    Authors: 
    Diana Linhares; Rodrigues, Armindo;
    Publisher: Açormédia
    Country: Portugal

    A secção UAciência é coordenada pelo Professor Universitário Armindo Rodrigues. O solo e um recurso natural não renovável, crucial para quase todos os aspetos da vida, apresentando-se como um componente fundamental do ecossistema terrestre. Consegue armazenar e filtrar água, atua na regulação da temperatura e na emissão de gases de efeito de estufa, promove a decomposição da matéria orgânica e a reciclagem de nutrientes. Contudo, este ecossistema dinâmico não tem a mesma composição em todas as partes do mundo; a pedogénese, processo de formação dos solos, aliada a intemperismos físicos e químicos, irá determinar as características geoquímicas e morfológicas dos solos conferindo-lhes determinadas especificidades que poderão contribuir para o enriquecimento, ou empobrecimento, de elementos químicos que são essenciais a vida. A concentração de elementos químicos no solo pode ser condicionada por fatores antropogénicos, como a aplicação de fertilizantes e agroquímicos, ou até mesmo por fenómenos naturais como o vulcanismo. Em regiões com atividade vulcânica, há um maior enriquecimento dos solos, resultante da libertação de materiais sólidos e gases, tornando-os bastante férteis devido a riqueza em elementos químicos essenciais que poderão ser integrados na cadeia alimentar através da absorção pelas plantas. […]. info:eu-repo/semantics/publishedVersion

  • Publication . Contribution for newspaper or weekly magazine . 2021
    Open Access Portuguese
    Authors: 
    Cláudio Gomes; Sá, Nuno Barros E.;
    Publisher: Açormédia
    Country: Portugal

    A secção UAciência é coordenada pelo Professor Universitário Armindo Rodrigues. Somos poeira das estrelas. Esta é a súmula da origem da nossa composição. Somos seres biológicos constituídos por células (as unidades básicas, funcionais e estruturais da vida), e estas por organelos, que por sua vez resultam de organizações de moléculas. Estas, por seu turno, são constituídas por átomos ligados quimicamente. E o átomo de um núcleo com protões e neutrões, é uma nuvem eletrónica envolvente. E será este o resultado final? Ou existirão partículas ainda mais fundamentais ditas elementares? Estas perguntas orientam os físicos e os pensadores desde há muitos anos. O modelo mais simples de átomo resulta de Demócrito que considerava aquele como a menor divisão da matéria, posteriormente melhorado com o modelo do pudim de passas de Thomson após a descoberta do eletrão (passa), e com o modelo das camadas de Bohr devido às experiências de Rutherford. Com os avanços da Mecânica Quântica foi possível o entendimento do modelo atómico atual composto por neutrões, protões e nuvens de probabilidade eletrónica. […]. info:eu-repo/semantics/publishedVersion

  • Publication . Contribution for newspaper or weekly magazine . 2021
    Open Access Portuguese
    Authors: 
    Rodrigues, Armindo; Diana Linhares; Garcia, Patrícia;
    Publisher: Açormédia
    Country: Portugal

    A secção UAciência é coordenada pelo Professor Universitário Armindo Rodrigues. […]. Num estudo recente, sujeitos humanos voluntários foram expostos durante exercício físico moderado, e por um período de 30 minutos, a níveis de H₂S abaixo do disposto na legislação dos EUA (14 mg/m³). Foram observadas alterações no sangue e nos músculos, mas nenhum voluntário apresentou sintomas adversos, nem foram registadas alterações nos parâmetros da função pulmonar. A legislação portuguesa (Decreto-Lei n.º 1/2021, de 6 de janeiro) prevê os seguintes valores-limite para o H₂S: 8 horas de exposição (7 mg/m³) e curta duração de exposição (15 minutos) (14 mg/m³). Recentemente, alguns estudos têm encontrado efeitos positivos para a saúde em sujeitos expostos a baixas concentrações deste gás. […]. info:eu-repo/semantics/publishedVersion

  • Publication . Other literature type . Contribution for newspaper or weekly magazine . 2021
    Open Access Portuguese
    Authors: 
    Carlos Pazos-Justo;
    Publisher: Universidade do Minho. Associação de Estudantes do Curso de Estudos Culturais (AECECUM)
    Country: Portugal

    A cultura, poderia pensar-se, é um conceito em constante negociação na Academia mas também na própria sociedade. O que hoje podemos entender por cultura não é, com certeza, o que se pensava há algumas décadas atrás. E ainda bem. Artigo publicado na revista "Lince Cultural", N.º 1 (Mar. 2021).

Advanced search in
Research products
arrow_drop_down
Searching FieldsTerms
Any field
arrow_drop_down
includes
arrow_drop_down
Include:
218 Research products, page 1 of 22
  • Publication . Contribution for newspaper or weekly magazine . 2022
    Open Access Portuguese
    Authors: 
    Godinho, Luísa; Romão, Filipe Vasconcelos; Xavier, Ana Isabel;
    Publisher: OBSERVARE. Universidade Autónoma de Lisboa
    Country: Portugal

    Apresentação do Anuário Janus

  • Publication . Contribution for newspaper or weekly magazine . 2021
    Open Access Portuguese
    Authors: 
    Cláudio Gomes;
    Publisher: Açormédia
    Country: Portugal

    A secção UAciência é coordenada pelo Professor Universitário Armindo Rodrigues. […]. Hoje em dia os cientistas, em particular os Físicos e os Astrónomos, também se indagam sobre o Universo, a sua composição e evolução. Mesmo quando se pensa já conhecer bem o nosso Universo, surgem novos objetos astrofísicos, componentes cosmológicas ou questões ainda mais fundamentais. Um desses desafios da Cosmologia atual é precisamente a natureza intrínseca da matéria escura e da energia escura. Quando se observam as curvas de rotação das galáxias em termos de velocidade como função da distância ao centro, verifica-se que estas são bastante diferentes das curvas que seriam de esperar tendo em conta a matéria visível – curvas do tipo Keplerianas (ver Fig. 1.). O que será responsável por este efeito? […]. info:eu-repo/semantics/publishedVersion

  • Publication . Contribution for newspaper or weekly magazine . 2021
    Open Access Portuguese
    Authors: 
    Baía, Pedro;
    Publisher: CEACT/UAL
    Country: Portugal

    Este dossier resulta de um convite, em jeito de desafio, para selecionar 16 textos de arquitetura para serem publicados na revista EP – Estudo Prévio, no âmbito da celebração da sua edição número 20. A ideia seria publicar, em português e em inglês, uma seleção de textos fundamentais na arquitetura portuguesa das últimas décadas. Um dos desafios que nos pareceu mais interessante, até como critério para nos guiar na complexa escolha de possíveis textos, foi a possibilidade única de traduzir para inglês um conjunto de textos que consideramos fundamentais para uma melhor e mais ampla compreensão internacional da nossa cultura arquitetónica portuguesa da segunda metade do século XX.

  • Publication . Contribution for newspaper or weekly magazine . Other literature type . 2021
    Open Access Portuguese
    Authors: 
    Diogo Marques; Gago, Ana;
    Country: Portugal

    Partindo da exploração do potencial lúdico-pedagógico de processos combinatórios e permutacionais de escrileitura, no presente artigo propomo-nos discutir possíveis aplicações da ciberliteratura no âmbito do desenvolvimento de estratégias de educação ambiental, dentro e fora do campo de ação institucional. Através da análise do poema ciberliterário Árvore (2018), da autoria do investigador e poeta experimental Rui Torres, e da sua relação com práticas artivistas e hacktivistas, a ciberliteratura é colocada em diálogo com problemáticas como a sustentabilidade e a obsolescência tecnológica.Adicionalmente, será feita referência a outros exemplos de criações artístico-literárias (pós-)digitais, com impacto internacional, enquanto partes integrantes de um mesmo ecossistema, como About Trees (2015), da autoria de Katie Holten, DEFOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOREST (2017), da autoria de Joana Moll, e Amazon (2019), de Eugenio Tisselli. De forma a ilustrar a continuidade da Ciberliteratura no contexto alargado das práticas experimentais em Portugal, são ainda convocados alguns dos seus precursores, como Soneto Ecológico (2005), instalação de poesia ambiental, da autoria de Fernando Aguiar. Colocando em diálogo tradição e inovação, escrevem-se (e recombinam-se) vários caminhos de possibilidade a partir de/para a literatura digital, enquanto manifestação artístico-literária e enquanto ferramenta educativa, interventiva e mobilizadora. Taking from the playful-pedagogical potential of combinatorial and permutational processes in wreading (writing-reading), in this article we propose to discuss possible applications of digital literature in the context of the development of environmental education strategies. Through the analysis of cyberliterary poem Árvore (2018), by researcher and experimental poet Rui Torres, and its relationship with artivist and hacktivist practices, digital literature is placed in dialogue with issues such as sustainability and technological obsolescence.In addition, as integral parts of an ecosystem, reference will be made to (post)digital artistic-literary creations with an international impact, such as, About Trees, by (2015), by Katie Holten, DEFOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOREST (2017), by Joana Moll, and Amazon (2019), by Eugenio Tisselli. Also, in order to illustrate the continuity of digital literature in the broader context of experimental practices, we analyse some of its precursors, such as Soneto Ecológico (2005), a public land art installation by Fernando Aguiar.Putting in dialogue tradition and innovation, several paths of possibility from digital literature are written (and recombined), as an artistic-literary manifestation and as an educational, interventional and mobilizing tool.

  • Publication . Contribution for newspaper or weekly magazine . 2021
    Open Access Portuguese
    Authors: 
    Cláudio Gomes;
    Publisher: Açormédia
    Country: Portugal

    A secção UAciência é coordenada pelo Professor Universitário Armindo Rodrigues. No livro de fantasia «Monstros Fantásticos e Onde Encontrá-los» de J. K. Rowling, autora da saga Harry Potter, e subsequentes adaptações cinematográficas, conta-se a história de um magizoologista que estuda criaturas fantásticas e as peripécias que ocorrem quando acidentalmente liberta algumas em Nova Iorque. Na Física também existem uns «monstros» fantásticos que andam por aí e que serão apresentados neste artigo: os solitões! […]. info:eu-repo/semantics/publishedVersion

  • Publication . Contribution for newspaper or weekly magazine . Other literature type . 2021
    Open Access Portuguese
    Authors: 
    Eires, Rute; Jorge Fernandes; Adilson Campos de Paula Junior; Elisabete Teixeira; Mateus, Ricardo;
    Publisher: Associação Portuguesa dos Comerciantes de Materiais de Construção (APCMC)
    Country: Portugal

    Por definição, a palavra ecoeficiência procura combinar eficiência ou eficácia económica e ecológica, no sentido de produzir mais, ao menor preço, com menos recursos, menos resíduos e menos impacto sobre o ambiente [1]. Como tal, verifica-se que a construção em terra poderá cumprir estes pressupostos, dependendo da solução construtiva escolhida e do lugar da obra, nomeadamente em termos de disponibilidade de matéria-prima e do know-how da equipa de construção. Pretende-se neste artigo mencionar de que forma pode a construção em terra ser ecoeficiente.

  • Publication . Contribution for newspaper or weekly magazine . 2021
    Open Access Portuguese
    Authors: 
    Diana Linhares; Rodrigues, Armindo;
    Publisher: Açormédia
    Country: Portugal

    A secção UAciência é coordenada pelo Professor Universitário Armindo Rodrigues. O solo e um recurso natural não renovável, crucial para quase todos os aspetos da vida, apresentando-se como um componente fundamental do ecossistema terrestre. Consegue armazenar e filtrar água, atua na regulação da temperatura e na emissão de gases de efeito de estufa, promove a decomposição da matéria orgânica e a reciclagem de nutrientes. Contudo, este ecossistema dinâmico não tem a mesma composição em todas as partes do mundo; a pedogénese, processo de formação dos solos, aliada a intemperismos físicos e químicos, irá determinar as características geoquímicas e morfológicas dos solos conferindo-lhes determinadas especificidades que poderão contribuir para o enriquecimento, ou empobrecimento, de elementos químicos que são essenciais a vida. A concentração de elementos químicos no solo pode ser condicionada por fatores antropogénicos, como a aplicação de fertilizantes e agroquímicos, ou até mesmo por fenómenos naturais como o vulcanismo. Em regiões com atividade vulcânica, há um maior enriquecimento dos solos, resultante da libertação de materiais sólidos e gases, tornando-os bastante férteis devido a riqueza em elementos químicos essenciais que poderão ser integrados na cadeia alimentar através da absorção pelas plantas. […]. info:eu-repo/semantics/publishedVersion

  • Publication . Contribution for newspaper or weekly magazine . 2021
    Open Access Portuguese
    Authors: 
    Cláudio Gomes; Sá, Nuno Barros E.;
    Publisher: Açormédia
    Country: Portugal

    A secção UAciência é coordenada pelo Professor Universitário Armindo Rodrigues. Somos poeira das estrelas. Esta é a súmula da origem da nossa composição. Somos seres biológicos constituídos por células (as unidades básicas, funcionais e estruturais da vida), e estas por organelos, que por sua vez resultam de organizações de moléculas. Estas, por seu turno, são constituídas por átomos ligados quimicamente. E o átomo de um núcleo com protões e neutrões, é uma nuvem eletrónica envolvente. E será este o resultado final? Ou existirão partículas ainda mais fundamentais ditas elementares? Estas perguntas orientam os físicos e os pensadores desde há muitos anos. O modelo mais simples de átomo resulta de Demócrito que considerava aquele como a menor divisão da matéria, posteriormente melhorado com o modelo do pudim de passas de Thomson após a descoberta do eletrão (passa), e com o modelo das camadas de Bohr devido às experiências de Rutherford. Com os avanços da Mecânica Quântica foi possível o entendimento do modelo atómico atual composto por neutrões, protões e nuvens de probabilidade eletrónica. […]. info:eu-repo/semantics/publishedVersion

  • Publication . Contribution for newspaper or weekly magazine . 2021
    Open Access Portuguese
    Authors: 
    Rodrigues, Armindo; Diana Linhares; Garcia, Patrícia;
    Publisher: Açormédia
    Country: Portugal

    A secção UAciência é coordenada pelo Professor Universitário Armindo Rodrigues. […]. Num estudo recente, sujeitos humanos voluntários foram expostos durante exercício físico moderado, e por um período de 30 minutos, a níveis de H₂S abaixo do disposto na legislação dos EUA (14 mg/m³). Foram observadas alterações no sangue e nos músculos, mas nenhum voluntário apresentou sintomas adversos, nem foram registadas alterações nos parâmetros da função pulmonar. A legislação portuguesa (Decreto-Lei n.º 1/2021, de 6 de janeiro) prevê os seguintes valores-limite para o H₂S: 8 horas de exposição (7 mg/m³) e curta duração de exposição (15 minutos) (14 mg/m³). Recentemente, alguns estudos têm encontrado efeitos positivos para a saúde em sujeitos expostos a baixas concentrações deste gás. […]. info:eu-repo/semantics/publishedVersion

  • Publication . Other literature type . Contribution for newspaper or weekly magazine . 2021
    Open Access Portuguese
    Authors: 
    Carlos Pazos-Justo;
    Publisher: Universidade do Minho. Associação de Estudantes do Curso de Estudos Culturais (AECECUM)
    Country: Portugal

    A cultura, poderia pensar-se, é um conceito em constante negociação na Academia mas também na própria sociedade. O que hoje podemos entender por cultura não é, com certeza, o que se pensava há algumas décadas atrás. E ainda bem. Artigo publicado na revista "Lince Cultural", N.º 1 (Mar. 2021).

Send a message
How can we help?
We usually respond in a few hours.